22 mil empresas recorreram ao apoio pós-lay-off simplificado

0
68
Imagem: portugal.gov.pt

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, anunciou esta quarta-feira que são cerca de 22 mil as empresas que recorreram aos apoios estatais que se seguiram ao lay-off simplificado.

Ana Mendes Godinho falou aos jornalistas no final da reunião de Concertação Social e explicou que estes instrumentos de ajuda estão agora a abranger cerca de 240 mil pessoas e que as empresas optaram, na sua maioria (82%), pela ajuda que obriga a manter os postos de trabalho durante mais tempo.

Esta medida contempla o pagamento de dois salários mínimos por cada trabalhador que seja retirado do lay-off, valor pago ao longo de seis meses, bem como a exigência de manter os postos de trabalho nos oito meses seguintes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here