“A constante de 2020 é a mudança”

O Feng Shui permite planear a construção e a decoração de edifícios, deixando-os em harmonia com os habitantes e a sua função. Maša Zorn, consultora especialista nesta área, explica a importância de uma análise de Feng Shui para empresas e particulares.

0
281
Maša Zorn, Feng Shui expert consultant

Que valorização é feita, em Portugal, desta arte?

A maioria das pessoas ainda acredita que o Feng Shui é apenas decoração de interiores. Porém, é a avaliação e o reconhecimento de características no nosso meio envolvente que podem causar-nos problemas. É um sistema de planeamento urbano que utiliza vários métodos para avaliar o seu cenário. Inclui técnicas de seleção, construção, posicionamento e melhoria de instalações, de modo a assegurar um fluxo de energia positivo em espaços comerciais ou urbanos. Abrange geomancia, geografia, planeamento urbano, arquitetura, design de interiores, arquitetura paisagista até astrologia.

Que avaliação faz do mercado nacional?

Há 10 anos, poucas pessoas estavam familiarizadas com Feng Shui. Acreditavam que era algo místico. Porém, é muito prático e baseado na natureza e nas suas leis, ciclos e mudanças. A principal evolução deu-se no mundo dos negócios. Mais empresas usam o Feng Shui na construção, reforma, escolha de propriedades e nos escritórios, para criar um negócio mais lucrativo e um espaço de trabalho saudável.

Que vantagens pode trazer às empresas?

Uma atmosfera saudável no espaço do trabalho é muito importante, não só para o sucesso financeiro, mas também para uma melhoria do negócio e um melhor aproveitamento de oportunidades. É ser capaz de alcançar um ambiente de trabalho mais saudável e encorajador, maximizando todo o potencial bem como a motivação do pessoal, com mais oportunidades de negócios e aumento de sucesso em geral.

E no que respeita ao espaço habitacional?

Aplicar os princípios de Feng Shui permite-nos planear e utilizar o nosso habitat de forma a trazer mais equilíbrio à nossa vida. O Feng Shui traz um fluxo saudável aos edifícios, que se manifesta com boa saúde, oportunidades, crescimento financeiro, avanços de carreira, felicidade, criatividade e tranquilidade.

Que avaliação faz deste ano de 2020?

2020 é um ano de mudanças. Todos precisamos de nos adaptar. Terá não apenas consequências económicas, mas também sociais. As empresas têm de adaptar o seu trabalho às novas demandas e restrições. As consequências serão sentidas a longo prazo, à medida que novas formas de design forem incorporadas à sociedade e isso mudará muitas coisas. Para recuperar, é preciso abraçar a nova realidade, mas a única constante é a mudança.

www.masazorn.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here