Aeroporto do Montijo gera contestação

0
168
Imagem:Wikipédia

A Agência Portuguesa do Ambiente emitiu um parecer positivo sobre o novoaeroporto, que deverá ser construído no Montijo, mas esta obra foi contestada pelas associações ambientalistas. Agora, unem-se à contestação mais oito pessoas, entre as quais engenheiros, especialistas em transportes que, esta segunda-feira, lançaram um apelo público, com vista a “corrigir um erro” que se estaria prestes a cometer.

O artigo conjunto foi publicado no jornal Público, e nele são destacadas as razões pelas quais, para os signatários, este aeroporto seria uma obra errada – mais de 75% do tráfego aéreo continuaria a ter de ser desviado para o atual aeroporto da Portela, continuando a existir os voos de longo curso e a proximidade à cidade, aumentando o risco de poluição e de acidentes para a população.

Por outro lado, a pista de aeroporto do Montijo seria mais curta, o que traria maiores riscos na aterragem. Apresentam uma contraproposta para a construção do novo aeroporto – Alverca, na zona do mouchão da Póvoa, onde seria possível construir uma pista com o comprimento atualmente indicado (teria 4200 metros de extensão e uma largura de 75 metros) e onde poderiam aterrar aviões de grande porte e voos de longo curso.

De entre os signatários deste artigo contam-se nomes como António Carmona Rodrigues, ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Nunes da Silva, engenheiro civil e professor do Instituto Superior Técnico (IST); António Segadães Tavares, engenheiro civil e autor dos projetos de ampliação do aeroporto da Madeira e o Pavilhão de Portugal da Expo’ 98, ambos premiados; Luís Póvoa Janeiro, professor da Universidade Católica; José Furtado, engenheiro civil e especialista em planeamento estratégico de infraestruturas de transportes; António Gonçalves Henriques, engenheiro civil e antigo presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Rui Vallejo de Carvalho, professor da Universidade Católica Portuguesa e Ricardo Reis, professor da Universidade Católica Portuguesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here