De Lisboa para o mundo

Uma sede em Lisboa com vista para o resto do Mundo. Um cenário destes pode ser algo impossível de imaginar, ainda mais com a recente febre imobiliária a que se tem assistido na capital portuguesa. Mas é com este luxuoso vislumbre que a Portugal Homes se rotula no mercado, trespassando essa visão para os seus clientes, sejam eles compradores particulares ou investidores.

0
846
Verónica Rosa, Diretora de Operações

Catalogada como uma agência especializada na venda e investimento de propriedades do setor imobiliário, a Portugal Homes, fundada em 2018, rapidamente se destacou num mercado cada vez mais emergente e denota hoje dois pontos de diferenciação que explicam esse crescimento: “Temos dois pontos importantes que usamos tanto para a vertente do nosso cliente comprador, como o do vendedor. Para começar, não nos catalogamos como uma agência que abre portas. Nós vemo-nos como uma empresa a quem se recorre para qualquer investimento que queira ser feito. E para tal, impomos sempre dois dias para fazer uma apresentação total da propriedade. Outra medida fulcral é o nosso serviço After Sales, que faz um acompanhamento total ao nosso cliente depois de o investimento ou da compra ter sido efetuada. É muito habitual os vendedores passarem rapidamente para o próximo cliente, mas nós não agimos dessa forma. E é isso que faz com que os clientes continuem a querer trabalhar connosco”, garante Verónica Rosa, Diretora de Operações da Portugal Homes.

A empresa faz questão de entregar ao proprietário do imóvel uma avaliação justa e detalhada e de apresentar ao cliente um cenário real, no que respeita ao retorno do investimento: “É importante termos parceiros que tenham um conhecimento verdadeiro e sustentado dos mercados, para que os clientes beneficiem dos nossos serviços e os parceiros possam crescer connosco”.

Com uma cobertura em termos de território nacional que se estende de norte a sul e não só pela Grande Lisboa, a Diretora de Operações garante que é possível encontrar uma solução para
qualquer tipo de cliente, e que é igualmente necessário “diversificar o nosso imobiliário de qualidade para outras cidades portuguesas que não só a capital, porque há potencial e riqueza para isso”.

“NÓS FOCAMO-NOS NA ANGARIAÇÃO QUE RESULTE EM RETORNO PARA O NOSSO CLIENTE”

Admitindo alargar a vertente da empresa para outras áreas que não a imobiliária num futuro próximo, a Portugal Homes continua a ver o capital humano como uma ferramenta vital para o sucesso, mas acima de tudo, como complementa a Diretora de Marketing, Catarina Távora, manter a angariação qualitativa é o que continuará a diferenciá-la das restantes agências: “Nós focamo-nos na angariação que resulte em retorno para o nosso cliente, que muitas vezes precisa desse aconselhamento qualitativo em vários locais do mundo. A nossa satisfação é qualificar o cliente, antecipar as suas necessidades e fazer com que continue a investir connosco, seja em Portugal, na África do Sul ou na China”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here