DECO considera desproporcionadas as comissões do MB Way

0
217

A Associação de Defesa do Consumidor (DECO) pede a intervenção dos partidos com assento parlamentar, para moderar o que considera ser a desproporção existente nas comissões cobradas pelos bancos aos serviços de MB Way.

De acordo com a DECO, estas comissões violam o princípio de gratuitidade inerente a esta aplicação. Além disso, depois de ter recebido mais de 30 mil reclamações, a DECO afirma que o Banco de Portugal ainda não se manifestou sobre este assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here