Inicio Economia e Finanças IRS e IMI mantêm prazos estipulados no início do ano

IRS e IMI mantêm prazos estipulados no início do ano

O Governo já anunciou várias medidas destinadas a diminuir o impacto do coronavírus na economia nacional e nas vidas das famílias, mas recusa adiar os prazos de entrega do IRS e de pagamento do IMI.

As famílias terão como alternativa pedir o pagamento em prestações, destas duas obrigações fiscais.

A informação foi dada ao Jornal de Negócios pelo gabinete do Ministério das Finanças, liderado por Mário Centeno.

As empresas, por outro lado, têm ao seu dispor uma moratória no que respeita ao pagamento dos impostos e das obrigações para com a Segurança Social, no que concerne aos trabalhadores.

O Ministério das Finanças diz que a situação continuará a ser diariamente avaliada, embora explique que a flexibilização de pagamento para as empresas acontece para que estas possam assegurar o pagamento dos salários dos trabalhadores.

Relacionadas

“A reconstrução económica deve ser ecológica e sustentável”

Porquê escolher Portugal e qual o balanço que faz da presença em território português? João Amaral, (JA):...

“O nosso objetivo é realizar sonhos”

O que a fez avançar para a abertura de uma agência DS? A abertura da agência aconteceu...

Habitação: a linha da frente na defesa contra a pandemia

As circunstâncias extraordinárias que vivemos nos últimos meses tornaram evidente para todos algo há muito defendido por alguns: a importância da...