IRS e IVA: alterações nas tabelas deverão aumentar salário líquido

0
53

O Governo irá alterar as tabelas de retenção na fonte, para beneficiar os trabalhadores e assegurar que recebem um pouco mais, no que respeita ao salário líquido.

Para o Estado, esta medida terá um custo aproximado de 200 milhões de euros, tendo em conta a redução média de 2% nas tabelas de retenção na fonte.

Tal não pode, porém, ser considerado uma medida de descida de impostos, dado que, em 2021, o Estado irá ter um menor encargo em termos de reembolso aos contribuintes e os próprios irão, por sua vez, receber menos reembolso.

No que respeita ao IVA, o crédito em gastos de hotelaria, restauração e cultura vem juntar-se à medida da diminuição da retenção na fonte, no que respeita ao IRS. Ambas as medidas representam um acréscimo de 400 milhões de euros na economia, no próximo ano, de acordo com o Jornal de Negócios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here