Linha Capitalizar Covid-19 quase esgotada

0
77
Imagem: theworldnews

A Linha Capitalizar Covid-19, que o Governo tinha reforçado e contava com um total de 400 milhões de euros para emprestar às empresas em dificuldades devido à pandemia do coronavírus, está a chegar ao seu limite.

Neste momento, a banca já aprovou o empréstimo de 365 milhões de euros desta linha de crédito, cujo máximo é 400 milhões, revelou o Ministério da Economia e da Transição Digital.

Esta linha de crédito, a primeira criada pelo executivo de António Costa para ajudar as empresas que sofressem quebras e dificuldades económicas relacionadas com a Covid-19, tem juros que podem chegar ao máximo de 3,2%.

Ao todo, até agora foram aprovadas 817 operações de concessão de crédito, com um período máximo de cinco dias de aprovação.

O Governo tem ainda disponíveis outras quatro linhas de crédito que, no seu conjunto, somam três mil milhões de euros disponíveis para emprestar aos empresários nacionais que necessitem de fazer face a dificuldades económicas causadas pela Covid-19. Estas linhas de crédito destinam-se a setores como a indústria, a restauração e o turismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here