Menos de metade da população portuguesa valoriza a literacia financeira

Em 2019, 44% dos portugueses consideram importante a formação sobre literacia financeira, menos 9% que em 2018.

0
172
Imagem: notasemdia.pt

A conclusão é de um estudo do Observador Cetelem Literacia Financeira, publicado dia 31 de outubro, Dia Mundial da Poupança e da Literacia Financeira. Em 2018 eram 53% os portugueses que consideravam importante uma boa literacia financeira. Esta descida pode, no entanto, ser explicada, pelo aumento da percentagem daqueles que consideram que têm um Bom ou Muito Bom nível de literacia financeira – passou de 42% em 2018 para 48% em 2019.

Todavia, para cerca de um quarto dos inquiridos a necessidade de formação financeira existe, em particular nas áreas de gestão orçamental e poupança, respetivamente com 12 e 11%.  

Para os que consideram as formações financeiras importantes, o Banco de Portugal é visto como a entidade que deve ser a principal responsável pela formação (42%), seguido pelas instituições financeiras (33%), câmaras municipais (25%) e escolas (24%).  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here