Negócios em tempos de pandemia

0
411

Muitos são os negócios em mudança nos tempos de pandemia. Novos, renovados ou adaptados temos vindo a assistir a uma mudança no paradigma dos negócios tradicionais. As lojas online marcam certamente a grande viragem do consumo “face to face” para um consumo online. Muitos são os produtos que se adaptaram a esta nova realidade, em grande escala, contra uma presença residual antes da pandemia. Os vinhos são um bom exemplo desta grande transformação digital. Desde as lojas online dos produtores, aos marketplaces dedicados ou multiprodutos vemos todos os dias novidades nesta forma de negociação de um produto que tem, ou tinha, circuitos muito específicos, desde o produtor ao consumidor final. 

Outra área que tem sentido uma grande mudança é sem dúvida a restauração. O takeaway, ou a entrega personalizada em casa, tornou-se uma oportunidade de negócio para muitos restaurantes, inclusive para algumas marcas e nomes prestigiados. Torna-se cada vez mais normal, encomendar refeições para o dia a dia de trabalho em casa e, ou, para as refeições familiares, mesmo ao fim de semana.

Serão estas as únicas áreas de negócio a criar, e a aproveitar, oportunidades? Certamente que não, mas estas são sem dúvida algumas das mais visíveis porque a primeira conseguiu ter uma presença online tão forte que a todo o momento somos confrontados nas diversas redes sociais, por email, ou sms, entre outros meios com a oferta dos produtos comercializados. Na segunda, porque se refere a um dos setores mais afetados pela pandemia e por isso tem sido crucial para a sobrevivência de muitos empresários do setor.

Existem, no entanto, muitos outros exemplos, menos visíveis, de quem olha para esta conjuntura como a oportunidade de fazer algo diferente. Recentemente, fui contatada para dar a minha opinião se estaria disponível para contratar uma “virtual assistent” para as tarefas mais administrativas da minha atividade profissional. Há cerca de oito anos tinha conhecido este conceito, existente sobretudo nos Estados Unidos, e com uma amiga e parceira tivemos a ideia de criar algo deste género. Até encomendamos o kit de demonstração do negócio. Mas na altura tínhamos, ambas, outras atividades profissionais e, pessoalmente, não senti que a ideia em Portugal, fosse ter adesão. Assim, esta ideia ficou na gaveta! Normalmente, não deixo as ideias na gaveta, mas esta lá ficou! Ao receber este contato, em forma de auscultação, para um futuro negócio de alguém que decidiu mudar de vida, e apostar no próprio emprego, relembrei essa ideia de anos atrás, e até encontrei o tal kit no meio dos muitos papéis, cá da casa, que precisam de ser transformados em arquivo definitivo. A conclusão deste processo foi, sem dúvida, e mais uma vez: quando existe a oportunidade todas as ideias são executáveis, basta estarmos atentos ao que nos rodeia.

Dou este exemplo porquê? Porque alguém viu uma oportunidade de negócio na redução da atividade de muitas empresas, que levou a que muitos empresários tenham optado por despedir colaboradores de funções administrativas, mantendo-se, no entanto, a necessidade de ter quem lhes trate das áreas mais burocráticas. Este serviço torna-se assim pertinente nesta conjuntura e pode ser executado de casa, com recurso a pouco investimento para quem se lança num negócio pessoal. Um portátil, um telemóvel, internet e uma multifunções são basicamente as ferramentas de trabalho necessárias. Vantagens? Para quem compra o serviço redução de custos porque compra apenas as horas que precisa para satisfazer as suas necessidades e para quem vende a possibilidade de ter vários clientes com horas pagas mensalmente, assegurando assim o seu rendimento mensal.

Pergunta para um milhão: pode a pandemia ser encarada como uma oportunidade para mudar de vida? Será o desemprego, ou a falta de emprego, uma ameaça à estabilidade pessoal ou uma oportunidade para uma mudança de vida? Sem dúvida que sim. Acompanho há vários anos pessoas desempregadas que se lançam na criação do seu próprio emprego, por necessidade ou oportunidade, e sinto sempre uma enorme satisfação ao ver os resultados que conseguem atingir, mesmo quando as adversidades são grandes, como acontece desde março de 2020 e mesmo assim existem pessoas a arriscar e a mudar a sua vida.

Todos temos, sem dúvida, dentro de nós as capacidades para enfrentar os desafios que nos surgem ao longo da vida. O principal é perceber bem o mercado e a oportunidade que queremos abraçar para que o sucesso nos bata à porta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here