“A Buildemant é uma empresa sólida e confiável”

A Buildemant é uma empresa com cinco anos de atividade, que atua nas áreas da construção civil, remodelação, manutenção de laboratórios e fornecimento de mobiliário técnico para este setor. Gonçalo Branco Neves é o sócio-gerente desta empresa cujo lema é “a construir confiança” e que, apesar do pouco tempo de atividade, já foi distinguida com o prémio da Scoring Top 5% melhores PME's nacionais.

0
625
Gonçalo Branco Neves, CEO

A “confiança” é a palavra-chave para a Buildemant. Como se desenvolve essa mesma confiança na relação com os clientes? Quais diria serem as características principais da Buildemant que levam a essa relação?

O lema que adotámos com a constituição da empresa – “a construir confiança” – é algo que nos acompanha desde o início e é nisto que acreditamos. Estando inseridos numa área com vasta concorrência, procuramos, desde o primeiro contacto com o cliente, focarmo-nos nas suas necessidades e manter esse foco ao longo do projeto.

A confiança do cliente vai-se conquistando e, por isso, entendemos que é todo um processo de aprendizagem, tanto para o cliente como para nós. Se, por um lado, temos alguém que pretende um determinado resultado, também nós, enquanto profissionais da área, pretendemos chegar a esse resultado, de forma a superar mais um desafio e aprender com isso. Só assim vamos crescendo enquanto empresa.

Felizmente, com trabalho e dedicação, mas também com alguma sorte, temos encontrado clientes que acreditam e confiam no nosso trabalho e no nosso projeto.

A construção e a manutenção são o vosso core business. Em setembro do ano passado, a sua avaliação do mercado era de que o mesmo “se encontrava algo volátil”, mas afirmava sentir que as pessoas estavam a reagir. Nove meses depois, esta opinião mantém-se?

De facto, podemos afirmar que houve uma reação muito positiva. Estamos a levar a cabo várias remodelações em simultâneo. A área da manutenção também tem tido muita procura, o que nos levou a ter de contratar mais colaboradores e a aumentar o número de equipas por projeto. Há nove meses, a empresa tinha no total seis colaboradores e hoje tem 16. Apesar de todas as dificuldades que a pandemia trouxe, conseguimos crescer e aumentar a faturação.

Quais os projetos levados a cabo na área da construção e manutenção que gostaria de salientar, em particular?

Gostaria de destacar o último, a remodelação de um apartamento num prédio antigo em Alvalade. Apresentámos o projeto em 2D e 3D (uma novidade), o cliente gostou, aprovou a maqueta e avançámos. Ampliámos a cozinha, o que conferiu à mesma mais luz natural, alterámos completamente a disposição do wc. No final, o resultado, no nosso entender, até superou as expectativas iniciais.

Outra das vossas áreas de especialidade prende-se com o mobiliário técnico e equipamentos para laboratório. A Buildemant sentiu um acréscimo de solicitações, considerando o surgimento de novos laboratórios, na senda da resposta à Covid-19?

Este ano há uma maior procura na área das manutenções dos laboratórios e também no fornecimento de novos equipamentos e mobiliário técnico. Como somos especializados em manutenção preventiva e corretiva de hottes e outros equipamentos de exaustão, estamos a ser muito solicitados nesta área também.

Quais os principais desafios para quem trabalha nesta área, no que respeita à formação dos profissionais e à evolução dos materiais e equipamentos disponíveis?

Os desafios são cada vez maiores. Por um lado, a constante evolução nos materiais, nas técnicas e equipamentos e, por outro, a escassez de mão de obra e o novo problema que a Covid-19 nos trouxe.

A construção civil deve ter sido dos poucos setores que não parou com a pandemia. A Buildemant nunca parou. Tivemos todos os cuidados possíveis e felizmente tudo tem corrido bem até hoje. No entanto começa a existir um problema com a escassez de matéria-prima.

Temos tido escassez de alguns materiais, o que origina o alargar dos prazos de entrega e os preços a subir, devido à procura.

Vamos ver como evolui esta situação, mas penso que nos próximos tempos este será mais um desafio que as empresas neste setor vão ter de olhar com seriedade e cautela.

A Buildemant foi distinguida com o prémio Top Scoring 5% melhores PME’s em Portugal, relativamente ao ano de 2020. Qual a importância desta distinção?

Este tipo de distinção, como é o caso da melhor PME Portugal 2020, na categoria desempenho e solidez financeira, vem reforçar o nosso caminho e vem transmitir ao mercado que a Buildemant é uma empresa sólida e confiável. No entanto, trabalhamos diariamente para ir ao encontro das expectativas dos nossos clientes e é muito bom sentir que o esforço e dedicação são valorizados. É esse tipo reconhecimento que verdadeiramente nos motiva.

A empresa celebra este ano o quinto aniversário. Que balanço faz daquilo que já foi feito, do que a Buildemant cresceu e do posicionamento que assegurou no mercado?

O balanço é extremamente positivo. Não é fácil deixar o estável, como era o meu caso quando trabalhava por conta de outrem, e abraçar um projeto vindo do zero. Mas o trabalho, o querer e a ambição estiveram sempre presentes desde o primeiro dia. Para se ter uma empresa tem de se ser resiliente, não devemos desistir ao primeiro obstáculo no caminho e acreditar no nosso trabalho, dar confiança às nossas equipas, definir um objetivo e todos juntos iremos alcançá-lo.

E para o futuro? Quais os próximos objetivos a alcançar?

Queremos continuar a crescer, de forma sustentável, dedicando-nos de alma e coração a cada projeto com a mesma paixão do início. O futuro é já amanhã e, por isso, temos de estar preparados para o que vier. Sinto muito orgulho no caminho que temos traçado. Ver a empresa a crescer é algo que me deixa profundamente feliz e motivado em querer fazer mais e melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here