Ano letivo 2020/2021 conjugará ensino à distância com presencial

0
338
Imagem: anec.org.br

As palavras são do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, que considera que o fundamental no próximo ano letivo é a recuperação das matérias que não ficaram tão bem consolidadas durante este ano letivo.

Tiago Brandão Rodrigues explicou ao Público e à Rádio Renascença que a necessidade de se encontrar primeiro uma vacina faz com que seja necessário rever o processo, para garantir que o processo de aprendizagem não seja afetado pela Covid-19.

Assim, o Ministério da Educação considera possível fazer um misto de aprendizagem entre ensino presencial e ensino à distância.

Embora ainda não exista uma data concreta para o início do próximo ano letivo, o ministro da Educação afirma que os alunos podem regressar às aulas entre setembro e outubro.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here