Eurogrupo volta a reunir

0
253
Imagem: Consilium

Os ministros das Finanças dos países-membros da União Europeia voltam à mesa das negociações esta quinta-feira, quando forem 16 horas em Lisboa, numa nova reunião por videoconferência, dirigida pelo presidente deste organismo, o ministro das Finanças português, Mário Centeno.

O objetivo será conseguir um consenso no que respeita às medidas de apoio à economia dos Estados-membros, objetivo que lhes foi proposto pelo Conselho Europeu, aquando da última reunião.

O Eurogrupo tinha, assim, cerca de duas semanas para conseguir apresentar medidas para fazer face à crise que a Covid-19 provocou. O prazo termina hoje.

Mário Centeno procura um acordo sobre um pacote de ajuda financeira no valor de 500 mil milhões de euros, e um posterior compromisso num plano de recuperação europeu.

O que divide os Estados-membros é a forma de apoio que se será concedida aos países europeus, uma vez que Holanda e Alemanha não apoiam a hipótese dos “coronabonds”, defendida por Espanha, Portugal e Itália, entre outros países. A solução seriam as linhas de crédito disponíveis através do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), mas faltam definir as condições em seriam realizados estes empréstimos, e Itália não parece muito favorável a esta hipótese.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here