Feng Shui é equilíbrio

Sofia Lobo Cera é consultora profissional de Feng Shui Clássico há mais de 12anos, estudiosa do tema há mais de 20 anos e professora desta arte milenar há mais de 10 anos. Licenciada em Engenharia Química – Ambiente e Qualidade, faz questão de salientar que o Feng Shui nada tem de esotérico e alerta para as melhorias pessoais e profissionais que estas técnicas podem trazer à vida de cada um.

0
344
Sofia Lobo Cera, consultora profissional de Feng Shui Clássico

Qual a importância do Feng Shui para os espaços de trabalho e a sua resiliência?

Começaria por perguntar a quem nos lê: como se sente quando entra no seu local de trabalho? Quando se sente bem, que diferenças nota na sua produtividade? A realidade é que a maioria das pessoas não se sente bem nos seus locais de trabalho, embora não saiba explicar porquê. É uma sensação. Na verdade, isso pode ser explicado pelo facto de a energia que circula pelos espaços de trabalho, sejam eles a empresa ou (agora) a casa, não ser a correta. E é nisso que o Feng Shui pode ajudar. O Feng Shui promove uma sensação de bem-estar, conseguida através da energia do espaço, sendo esta energia igual à que falamos na Ciência, ou seja, partículas, átomos e moléculas, que compõem um espaço. O Feng Shui integra quer aquilo que compõe a matéria física, quer a decoração, no sentido da disposição dos objetos, o seu formato, textura e cor… Os materiais de que são constituídas as peças de mobiliário podem passar uma determinada sensação, a forma como os colaboradores estão posicionados dentro da empresa também, o local da receção e a sua disposição é́ também importante para um bom Feng Shui… Na realidade tudo importa, desde o espaço exterior que envolve o edifício, que influencia 60 a 70% da energia no interior do mesmo, até ao parque de estacionamento e o caminho que o administrador, colaboradores e mesmo clientes percorrem dentro da empresa, tudo contribui para o bem-estar e os resultados da organização. Por isso mesmo, o ideal é trabalhar o Feng Shui aquando da construção do edifício, dado que esta arte milenar trabalha tudo, desde o posicionamento do edifício, à quantidade de betão nas paredes, a localização da porta principal, dos gabinetes, da receção… Ainda assim, é fundamental aquelas empresas que já estão no espaço pensarem em aplicar as técnicas do Feng Shui. Nunca é tarde. Isso ajuda a melhorar os resultados financeiros e a tornar as pessoas mais felizes, logo mais resilientes.

Nesse caso, os arquitetos e projetistas deveriam trabalhar em conjunto com um especialista em Feng Shui, para desenhar um espaço que estivesse de acordo com as técnicas desta arte?

Sim, claro. Os arquitetos e projetistas não sabem, muitas vezes, que quando desenham a planta de um espaço estão a incutir nele a sua energia. Além disso, ainda há quem pense que o consultor de Feng Shui lhe vai bloquear a criatividade, pois fará exigências sobre os locais onde devem ser posicionados alguns elementos arquitetónicos. Isso não é verdade. Passamos as diretrizes, no sentido de indicar quais as melhores zonas para as portas, principal e interiores, para a sala, para os quartos, entre outros, naquele futuro espaço, mas depois é o arquiteto que monta o puzzle das possibilidades, decidindo exatamente onde desenhar cada espaço, dando asas à sua criatividade e traço. Em Portugal, as habitações da década de 90 para cá têm quase todas a mesma configuração interior, que não segue o Feng Shui e o facto é que a população tem vindo a denotar problemas de autoestima e de acomodação face aos problemas que surgem. O fundamental é que existam sinergias entre estas duas profissões, mas que cada um deles faça estritamente o seu trabalho, porque assim um fará um bom projeto de arquitetura e o outro fará um bom projeto de Feng Shui. É importante haver flexibilidade e adaptabilidade de ambas as partes para conseguirem trabalhar em conjunto. O objetivo é conseguir um espaço bonito, que proporcione saúde, boas relações, nomeadamente familiares, riqueza, carreira e poder pessoal. O Feng Shui é equilíbrio.

Em Portugal, é fácil encontrar casas com bom Feng Shui?

Nem por isso. Como expliquei acima, falta uma maior ligação entre consultores de Feng Shui e arquitetos e projetistas, por exemplo. Todavia, já existe algum interesse por parte de alguns arquitetos, o que é ótimo, mas não chega. Quando eu andei à procura de casa, há cerca de 10 anos, vi inúmeras habitações, até encontrar uma que cumprisse os requisitos. É importante salientar que a vida é demasiado importante para que sejamos infelizes numa casa ou no local de trabalho. Por isso, aquando do investimento na compra de um espaço ou mesmo num arrendamento, o ideal é ir acompanhado de um consultor de Feng Shui e fazer um estudo ao espaço.

Ainda é necessário esclarecer que o Feng Shui não é esoterismo, junto da população?

Sim, sem dúvida. Às vezes, as pessoas dizem-me que “não acreditam nisto” e eu respondo que não se trata de acreditar. O Feng Shui Clássico baseia-se em cálculos matemáticos que, por sua vez, são feitos tendo por base a bússola, que mede o eletromagnetismo da Terra. Nada mais, nada menos do que energia. Assim, o Feng Shui é, de facto, algo que não se vê, mas todos podemos senti-lo, pois está relacionado com como a energia flui. Isto nada tem a ver com a religião de cada um ou outras convicções pessoais, tal como explico no meu livro Mude a Sua Casa Enriqueça a Sua Vida. Este paradigma ainda está tão instituído na sociedade que há quem faça o estudo de Feng Shui e não o assuma perante clientes, colaboradores ou amigos, com receio das suas interpretações. Isso não deveria acontecer. Fazer um estudo de Feng Shui demonstra preocupação com o seu bem-estar e com o de quem o rodeia.

Que projetos existem neste momento em preparação?

Comigo existe sempre qualquer projeto em preparação, mas nunca revelo um projeto até ao momento do seu lançamento. Agora, durante a pandemia, surgiu a necessidade de me adaptar, dado que a minha profissão implica entrar nas casas e nas empresas. Tive de me reinventar, para conseguir continuar a trabalhar. Criei inclusivamente Lives semanais nas redes sociais, com dicas para a quarentena, para que as pessoas estivessem mais fortes a nível de saúde e financeiro. Brevemente, terei novidades, sobretudo no que respeita ao meio digital. Por enquanto, posso relembrar que no meu canal de Youtube (Sofia Lobo Cera Consultora Profissional de Feng Shui) podem acompanhar alguns projetos que já foram lançados, mas continuam atuais, como o Casa Organizada, Vida Equilibrada, uma série de 25 vídeos com dicas de Feng Shui para aplicar na sua casa e nos seu local de trabalho, ao longo das épocas do ano.

www.sofialobocera.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here