“Na crise surgem oportunidades”

A Secretdevotion é uma agência imobiliária com uma presença muito recente no mercado e que nasceu para tratar os negócios e os clientes de forma muito profissional, transparente e descontraída. Patrícia Magalhães, a fundadora e diretora da empresa, destaca a necessidade de mais e melhor formação, para que o setor seja, cada vez mais profissional.

0
661
Patrícia Magalhães, fundadora e consultora imobiliária

A Secretdevotion é um projeto relativamente recente e que já atravessou a pandemia. Como lidou com a necessidade de maior confinamento e distanciamento social?

A Secretdevotion foi fundada mesmo pouco tempo antes da pandemia, no entanto continuei sempre a trabalhar durante o confinamento, mas com uma ausência quase total de visitas. Tive de me adaptar a uma nova realidade dando ainda mais atenção ao contacto com os meus clientes. Fechei diversos negócios que estavam em curso, pois em alturas de crise surgem muitas oportunidades.

Quando a pandemia se instalou verdadeiramente no país, a necessidade de casas com espaço exterior manifestou-se de forma evidente. A Secretdevotion sentiu isso? Que alterações provocou no mercado imobiliário?

Durante o confinamento, as pessoas sentiram necessidade de procurar novas e maiores habitações, com maior espaço exterior. Tal como informei, durante a pandemia nunca fiquei em total confinamento, realizando visitas sempre que possível. Numa visita a uma moradia de luxo, e em partilha de negócio, conheci uma parceira, Heloísa Baleia, e sentimos que tínhamos o mesmo objetivo: encontrar o imóvel que o cliente desejava, criando empatia e transmitir ao mesmo tempo confiança e lealdade na sua mudança, sempre como muito boa disposição e alegria. Desde que nos conhecemos, e ambas com o mesmo objetivo, dedicamo-nos à procura, fora dos centros urbanos, de moradias com espaço exterior a um preço mais competitivo. Com muita dedicação e trabalho, sem dúvida que obtivemos resultados bastante positivos, pois tivemos muitos clientes (principalmente com filhos) à procura de moradias com espaço exterior e fora dos centros urbanos.

A localização das habitações também teve influência na escolha das mesmas, sobretudo quando as cidades se tornaram maiores focos pandémicos?

Sim, a Secretdevotion alargou a sua prospeção de mercado e, durante esta pandemia, conseguiu angariar moradias fora das cidades, os principais focos pandémicos. As zonas com campo, praia e serra foram as principais procuras dos nossos clientes e onde obtivemos alguns negócios. Serão zonas onde continuaremos a apostar, pois os preços são mais convidativos e os potenciais clientes têm outra qualidade de vida.

A vinda de estrangeiros para Portugal diminuiu consideravelmente. Tal quebra teve influência no mercado imobiliário?

Sim, inevitavelmente a limitação da vinda de estrangeiros para Portugal teve influência no Imobiliário, mas não diminuiu o interesse no Investimento no nosso país, que ainda ficou mais reforçado. Na minha opinião, o mesmo será visível em 2021. Portugal continua no topo da mira dos investidores estrangeiros.

Que avaliação global faz do mercado imobiliário em 2020?

O mercado imobiliário, em 2020, exigiu maiores desafios e adaptações a todos os que se dedicam a este ramo. Os dois últimos trimestres foram francamente positivos mas, com uma dedicação e esforço acrescidos, conseguimos recuperar do segundo trimestre.

O que mudou neste setor, em virtude da pandemia, que poderá manter-se e tornar-se uma oportunidade ou uma nova forma de estar no mercado, no futuro?

A necessidade de espaço e ter uma habitação própria como prioridade e a procura de imóveis fora dos centros das cidades em virtude da pandemia que vivemos foram as maiores mudanças que senti. Existe uma maior necessidade de criar elos de ligação com os nossos clientes e, agora mais do que nunca, esta profissão mostrou que é uma profissão de pessoas com valores humanos sempre a prevalecer: a honestidade, transparência, atenção, dedicação e muito profissionalismo. A exigência é maior e a dedicação à nossa profissão será primordial agora e, ainda mais, no futuro.

Quais os desafios que o setor imobiliário atravessa e que, a seu ver, necessitam de ser corrigidos?

O setor imobiliário, no futuro, vai exigir ainda mais inovação, muita partilha e entreajuda em parcerias, bem como conhecimentos com muitas formações e certificações adequadas e terá de deixar de ser uma profissão alternativa. As pessoas neste setor têm de ser devidamente qualificadas, com perfil e com muita vontade de “correr” para alcançarem os seus sonhos.

Como vê a Secretdevotion o ano de 2021? Quais as perspetivas para o novo ano e a médio prazo?

A Secretdevotion em 2021 continuará a ser persistente, inovadora e muito sonhadora para alcançar os seus objetivos e ajudar o mercado. As perspetivas para o novo ano e a médio prazo dependerão da evolução da pandemia. Acredito num mercado mais estável (talvez a vacina transmita mais confiança), pois esteve em constante subida nos últimos anos, devido a uma grande valorização do mesmo nesse período.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here