“O nosso estilo de arquitetura evoluiu com as novas necessidades de mercado”

A LogikEvidence foi fundada há sete anos por dois jovens de 24 anos, formados em Design de Comunicação e Arquitetura, que queriam dar a conhecer o seu trabalho ao mercado. Os fundadores, Cláudia Pereira e Ivo Nascimento, assumem um projeto em constante evolução com cada vez mais ênfase na Arquitetura.

0
350
Ivo Nascimento (fundador), Ricardo Pinto e Cláudia Pereira (fundadora)

Enquanto fundadores, que análise fazem do mesmo desde a sua criação?

A LogikEvidence nasceu numa situação económica precária. Enquanto fundadores recém-formados, ambos com 24 anos na altura, sentimos um mercado de trabalho instável, à mercê da grande vontade de construir portefólio. Decidimos canalizar esta sede por trabalho e investir no nosso próprio nome. A criação da LogikEvidence permitiu responder a pedidos na área do Design Gráfico, pela mão da nossa designer de comunicação, Cláudia Pereira. Após a conclusão do estágio à Ordem, da parte do nosso arquiteto Ivo Nascimento, foi possível apostar mais na Arquitetura. A atual realidade da nossa empresa continua com muitas surpresas, novos projetos e parceiros. Sentimos que foi sempre um desenrolar de negócio bastante flexível, orgânico e em constante construção.

Por que razão decidiram adicionar a fotografia aos serviços prestados?

A Fotografia é uma ferramenta essencial ao Design e à Arquitetura. Para além de uma presença constante no nosso trabalho, tornou-se uma paixão. Por termos materiais de qualidade, tanto em câmeras como impressoras, decidimos adicionar os serviços de Fotografia à LogikEvidence, como um departamento independente. Com publicidade e alguns projetos-piloto, fizemos reportagem fotográfica de eventos corporativos e sociais e rapidamente surgiram pedidos. Notámos que o nosso estilo simples, descontraído e sem encenações correspondia ao que o mercado procurava.

Como descreveriam o mercado da região onde estão inseridos, no que respeita à Arquitetura?

Os serviços de Arquitetura que a LogikEvidence desenvolve englobam várias vertentes diferentes. Na região onde estamos inseridos, temos pedidos para novas construções, reabilitações, projetos de alterações, entre outros. Ao lado da nossa capital, a Margem Sul é vista, cada vez mais, como um excelente local para habitar e trabalhar. Aliados a ótimos parceiros de Engenharia, Topógrafos e Construtores, conseguimos desenvolver um núcleo de trabalho em constante evolução e até com surgimento de projetos fora da nossa área de incidência.

Como caracterizam o vosso trabalho nessa mesma vertente?

A nossa Arquitetura, assim como os nossos outros projetos, procura sempre ser prática. Caracterizamos o nosso trabalho como sendo muito “terra-a-terra”, sempre com espaço para elementos originais e criativos. O trabalho desenvolvido pelos nossos dois arquitetos, Ivo Nascimento e Ricardo Pinto, assenta numa metodologia muito própria. Ainda com uma equipa pequena, a LogikEvidence transparece na Arquitetura uma marca de confiança e ótima coordenação.

Como desenvolvem os vossos planos de trabalho com os clientes?

O cliente é sempre envolvido no projeto e acompanha as várias fases do mesmo, em todas as áreas. Procuramos sempre ser fiéis ao nosso estilo e ao que o cliente idealiza para o seu projeto. Na Arquitetura, temos muitas escolhas diferentes que o cliente pode fazer antes da realização da primeira proposta. Temos várias fases, que incluem elaboração, preparação e impressão dos projetos e todas elas com prazos acompanhados pelo cliente.

A proximidade com clientes encontrou um entrave com a pandemia. Como o ultrapassaram?

No início da pandemia, a LogikEvidence esteve sempre disponível, mas com limitações. Tivemos algumas ferramentas de trabalho indisponíveis durante o período de confinamento. A maioria dos clientes entendeu a situação e todas as reuniões que estavam marcadas foram substituídas por videochamadas. Atualmente, voltámos às reuniões presenciais, no nosso gabinete, com as devidas medidas de segurança.

Que análise fazem do mercado, no que respeita ao pré e pós-pandemia?

Alguns dos nossos serviços sentiram uma quebra grande. Na Fotografia, para além de cancelamento de alguns eventos, também não surgiram novos pedidos. Em relação à Arquitetura e Design, continuamos a receber pedidos de projetos e ainda não sentimos uma quebra significativa.

Será necessária uma reinvenção da oferta, dos produtos e serviços?

Sem dúvida, e já fizemos uma alteração na forma como expomos e entregamos os nossos serviços. Temos utilizado mais ferramentas online e de videochamada, de forma a respeitar o isolamento social. Temos novos softwares para criação de imagens 3D, mais fidedignas do projeto final. Foi criado um catálogo de Arquitetura que explica qual o processo de trabalho utilizado pela LogikEvidence e que mostra exemplos de fácil leitura. (O mesmo pode ser descarregado no seguinte link: (www.logikevidence.com/servicos#/arquitetura).

Como analisam os próximos tempos, no que respeita à retoma económica?

Nesta fase, e ainda a sentir um desconfinamento, decidimos entrar num período de precaução e abrandar os investimentos e ações de marketing. Apesar de tudo, acreditamos que o nosso país foi razoavelmente rápido a tomar as medidas de contenção e que, apesar do seu impacto, todo este ‘controlo’ ajudou a recuperar alguma da economia turística e de outros setores. A LogikEvidence teve sempre um percurso assente na palavra ADAPTAÇÃO. Não estamos à espera que tudo normalize e que volte a ser como antes, vamos estar atentos às novas realidades e vamos acompanhar um planeta e uma economia que esteve em isolamento.

www.logikevidence.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here