Projeto pioneiro junta Turismo e Saúde em férias únicas

Já imaginou fazer um implante capilar e recuperar num luxuoso hotel de 5* enquanto saboreia algumas das mais requintadas experiências gastronómicas do nosso país? Ou simplesmente recuperar energia num FIm de semana com alguns dos mais exclusivos tratamentos de wellness que existem em Portugal? Bem... a Tânia e a Maria proporcionam exatamente isso... e muito mais, porque Portugal é muito mais que pastéis de nata.

0
150

Porque avançaram com este projeto?

Este projeto surgiu da constatação de que Portugal tinha condições privilegiadas para se distinguir como um destino de eleição do Turismo Médico a nível internacional. Não existia nenhuma empresa em Portugal que oferecesse, de modo estruturado e profissional, programas turísticos combinados com uma oferta robusta a nível médico e de bem-estar. Após termos estudado o mercado, procurámos parceiros de confiança, surgindo a nossa parceria estruturante com o Grupo EmViagem.

Quais as dificuldades que sentiram durante a criação da empresa? Foi particularmente duro por serem mulheres?

As dificuldades que sentimos prenderam-se sobretudo com a execução do nosso modelo de
negócio, no que respeita à agilidade dos diversos players no mercado. Por vezes, sentimos que os processos demoram muito tempo e que falta rapidez de resposta. Estamos a construir um puzzle contrarrelógio, porque temos eventos internacionais e prazos tão curtos que arriscamos a não o ter pronto.

Como veem o papel da mulher, à frente das empresas? Já há espaço para uma maior
afirmação da mulher no mercado de trabalho?

Um bom líder é alguém que alia excelentes capacidades técnicas a um conjunto inato de
traços de personalidade que o tornam uma força motriz para os outros. Desta fusão nascem líderes – pessoas que têm visão, pensamento estratégico, foco, ambição, alguma propensão ao risco, resiliência, resistência à frustração e capacidade de gestão de pessoas. As mulheres tendem a ter uma grande capacidade de interpretar realidades complexas com múltiplas variáveis, para além de uma capacidade de trabalho e uma determinação enormes. Estas características são igualmente fundamentais para um bom líder e nas mulheres são naturais.

Qual a importância da inteligência emocional e da funcional, no dia a dia de um líder?

A velocidade avassaladora com que as informações circulam hoje em dia faz com que seja fundamental perceber onde está o cerne da questão e conseguir descomplicar. Na liderança que colocamos em prática todos os dias, conseguimos ter a capacidade de lidar com as emoções usando a razão. Usamos a capacidade de raciocínio para modificar as emoções e reagir num contexto incerto, com o discernimento para encontrar soluções para os problemas, encará-los como desafios ao sair da nossa zona de conforto e evoluir.

Como avaliam o resultado da vossa liderança? Quais as características que mais se evidenciam e que são uma mais-valia para a sua gestão?

A liderança que aplicamos na condução dos diversos ciclos de vida da nossa empresa
consubstancia-se na nossa capacidade de idealização e construção, ao rodearmo-nos de
pessoas muito válidas, que trabalham connosco em verdadeiro espírito de equipa. Não acreditamos em liderança sem equipa, numa liderança enquanto aptidão individual sem interação com outrem. Cremos que temos obtido resultados muito positivos do nosso modelo de gestão. Afinal somos a empresa pioneira em Turismo Médico, Saúde e Bem-estar em Portugal e concretizamos uma epifania do próprio Turismo de Portugal! Estamos aqui, somos a Go Health Portugal, uma empresa especializada em oferecer programas personalizáveis totalmente chave na mão e vamos posicionarmos naturalmente como líderes no mercado. A nossa resiliência, determinação, autodisciplina e capacidade de trabalho são talvez os traços mais salientes da nossa gestão.

Como avaliam o futuro do mercado de trabalho para as mulheres?

O mercado de trabalho terá que se ir abrindo, cada vez mais, para as mulheres, no futuro. Cada vez existirão menos barreiras para as mulheres entrarem em profissões tradicionalmente masculinas. Contudo, homens e mulheres são diferentes e essa singularidade existe. Acreditamos na meritocracia, independente do sexo e gostaríamos que as mulheres ascendessem a determinados patamares de carreira que atualmente ainda são muito difíceis de atingir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here