Robótica aplicada à limpeza de painéis fotovoltaicos

A SolarClean tem oito meses de existência e foca a sua atuação nas limpezas de painéis fotovoltaicos. Detentora de tecnologia única no mercado, a empresa cresceu e, neste período, conta já com três equipas de trabalho e mil instalações para limpar, anualmente.

0
1575
Ivo Arneiro, CEO

Ivo Arneiro é o CEO desta empresa, que pertence ao Grupo FloorClean, este sim com mais de 30 anos de experiência em todo o tipo de limpezas e manutenção: “A criação da SolarClean adveio da necessidade que percecionámos no mercado – não existem muitas empresas especializadas em limpezas de painéis fotovoltaicos e nós tínhamos um know-how de mais de 30 anos, precisamente relacionado com todo o tipo de limpezas – domésticas e industriais, edifícios públicos, limpeza de fachadas, pós-obras…e já nos tinham pedido, nestes anos de trabalho, para limpar fotovoltaicos”.

Quando nasceu, a SolarClean apostou na especialização e na tecnologia de vanguarda, para assegurar um serviço diferenciador: “Possuímos um equipamento robotizado que permite a lavagem de mil painéis solares por hora. Comparativamente com uma equipa, constituída por dois homens, que lavava uma média de mil painéis por dia, temos um enorme ganho de tempo”. No que respeita a painéis fotovoltaicos de solo, que a empresa começou a trabalhar este ano, a tecnologia não ficou esquecida: “Temos dois equipamentos mecanizados para limpar, em média, cinco mil fotovoltaicos de solo por hora e ainda um ‘Spider’, um robô que está certificado e patenteado e que corta a vegetação existente à volta da estrutura dos painéis fotovoltaicos sem que exista qualquer projeção de pedras ou outros resíduos do solo para o painel”.

A importância da lavagem

Um painel solar sujo pode atingir uma percentagem de 40 por cento abaixo da sua capacidade total. Muitas pessoas e empresas desconhecem, porém, a necessidade de lavar o painel fotovoltaico para manter a sua capacidade produtiva no máximo: “Quando o painel perde capacidade produtiva, muitas pessoas julgam que isso se deve a algum problema técnico. Na verdade, até há pouco tempo quem vendia os painéis fotovoltaicos não explicava, normalmente, que os mesmos requeriam alguma manutenção. Já temos ido a empresas que têm os painéis solares há cinco anos (o tempo de um contrato) e nunca os lavaram, por desconhecimento”.

Ivo Arneiro alerta, todavia, que a lavagem só é bem feita com equipamento próprio e tratamento das águas: “Esperar que chova, por exemplo, não é solução. A chuva só molha. O equipamento é essencial para retirar resíduos e pó que esteja agarrado ao painel”. Para a lavagem, a SolarClean só utiliza água desmineralizada: “A água contém calcário, ferro, entre outros constituintes que podem, ao longo dos anos, danificar o painel. Desmineralizar a água torna-a pura, limpa e só assim a lavagem é efetiva. Este tratamento de água repele gotículas e dificulta a fixação de pó nos painéis”.

Para um bom funcionamento dos painéis fotovoltaicos, estas lavagens devem ser executadas, em média, duas a três vezes por ano. A localização geográfica também pode influenciar a necessidade de lavagem: “Se falarmos de uma zona industrial, cheia de chaminés, muitos fumos, ou uma região agrícola, onde exista constantes atividades que implicam remexer o solo, a probabilidade de um painel ter de ser lavado com mais frequência aumenta. Ainda assim, a maioria dos clientes faz apenas uma lavagem por ano”. Para um espaço que comporte mil painéis solares, o custo é de cerca de 500 euros.

Ivo Arneiro reconhece que a SolarClean tem crescido rapidamente: “O nosso crescimento foi rápido – passámos de uma empresa com dois trabalhadores para oito e já temos três equipas na rua, diariamente. Como estamos situados em Leiria, temos facilidade em chegar a todo o país e não tencionamos abrir quaisquer filiais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here