Solução de poupança amiga do ambiente

A A+ Solutions atua no mercado das energias renováveis, com particular destaque para a instalação de painéis fotovoltaicos e solares térmicos, bem como para a área da climatização, onde as bombas de calor são os equipamentos em evidência. Totalmente focada no cliente, como realça o diretor, André Lebre, esta empresa tem beneficiado de um crescimento contínuo desde que surgiu.

0
834
André Lebre, diretor

Há três anos, André Lebre decidiu investir numa empresa própria, no setor das energias renováveis, e fê-lo sabendo que este era um mercado que estava em franco desenvolvimento: “Eu já trabalhava há cerca de sete anos nesta área e sabia que estava em crescimento, sobretudo no que respeita à instalação e manutenção de painéis fotovoltaicos. Quando apostei nesta atividade, sabia que a empresa tinha margem para crescer, mas não imaginei que crescesse como tem crescido”.

Com um crescimento na ordem dos 70 por cento, a A+ Solutions centra a sua atividade na instalação de painéis solares (fotovoltaicos e térmicos) e na climatização: “Sobretudo na climatização de águas quentes sanitárias ou climatização central do imóvel. Atualmente, as bombas de calor são um equipamento que instalamos muito, pois são consideradas, também, energia renovável”.

O foco total no cliente é o que diferencia a A+ Solutions da concorrência: “Temos uma relação muito próxima com os clientes. Faço questão que o cliente se sinta à vontade para tirar todas as dúvidas, até porque nesta área as pessoas ainda têm de confiar muito naquilo que as empresas e os técnicos lhes dizem, pois as marcas de equipamentos ainda não são reconhecidas socialmente, pelo que os nossos conselhos fundamentam, de verdade, a decisão de um cliente”. O primeiro passo é sempre a preparação do projeto – antes de sugerir qualquer equipamento, é fundamental perceber como é feito o consumo energético na habitação, ou na empresa, avaliar as horas de menor e maior utilização e só depois indicar a solução mais correta: “Uma preparação mal feita pode fazer com que o projeto seja menos interessante para o cliente, já que o retorno financeiro levará mais tempo a concretizar-se e a utilização não será satisfatória”. A estética da instalação é também considerada: “Digo sempre às minhas equipas que a casa onde vamos é do cliente, portanto ele tem de gostar do trabalho, esteticamente. Assim, desde que consigamos cumprir os requisitos técnicos da instalação, existe a preocupação de fazer um trabalho positivo do ponto de vista estético”.

Com soluções desenhadas para todos – desde o cliente particular ao empresarial – e o preço do mercado do consumo muito mais baixo do que há cerca de cinco anos acontecia, o acesso aos equipamentos para produção de energias renováveis democratizou-se: “Todos os projetos são únicos, por isso é sempre necessária uma análise prévia para perceber quais as necessidades do cliente, mas diria que, para um cliente particular, a partir dos 800 euros já conseguimos realizar um projeto”. Os equipamentos apresentam gamas diferenciadas, consoante os objetivos dos consumidores: “Há quem opte por um equipamento com uma boa relação qualidade-preço, para recuperarem o investimento mais rápido, e depois existe a linha Premium. A A+ Solutions é parceira da LG na instalação da linha de painéis fotovoltaicos LG PRO”. No geral, André Lebre assegura que o retorno financeiro para quem aposta em painéis fotovoltaicos para produção de energia para consumo chega num período entre três e cinco anos: “Isso para um cliente particular. No caso de empresas, o retorno pode acontecer ainda mais cedo”.

Com uma perspetiva de crescimento contínuo, na área da produção energética para autoconsumo e na área de produção de energia para autoconsumo, com armazenamento, o setor das energias renováveis permitirá à A+ Solutions continuar a superar-se, anualmente: “Em maio, a faturação deste ano já terá ultrapassado a de todo o ano anterior. Perspetivamos, pelo menos, até ao final da década de crescimento ininterrupto, o que nos permitirá criar algumas delegações, em diferentes pontos do país, bem como alargar a nossa delegação-sede”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here