Um espaço de saúde profissional e familiar

A S. Clínica é uma clínica multisserviços, para quem os clientes são família. Durante a pandemia, a clínica manteve as portas abertas e todas as valências funcionaram, sempre com grandes medidas de segurança, como reforçam os sócios Pedro Silva e José Carvalho.

0
1621
Pedro Silva e José Carvalho, fisioterapeuta e enfermeiro

Estão no mercado há quase três décadas. Que balanço faz da evolução da empresa e dos serviços prestados?

A S. Clínica tem crescido face à vasta procura de utentes oriundos de diversas zonas, como são exemplo Barcelos, Vila Nova de Famalicão, Póvoa do Varzim, Porto, Braga e Viana do Castelo. No Verão é muito procurada pelos emigrantes, que usufruem de tratamento preventivo. Precisamente pela grande procura dos seus serviços, a S. Clínica, sentiu necessidade de aumentar as instalações construindo uma nova clínica com mais e melhor espaço, conforto e capacidade de resposta, praticando um atendimento personalizado e próximo.

De que serviços dispõe a S. Clínica? Gostaria de destacar alguns em particular?

Iniciámos com as valências de enfermagem e fisioterapia e presentemente, acrescentámos as valências de Psicologia, Cardiologia, Medicina Geral, Nutrição, Massagem de relaxamento, Acupuntura clínica, Pilates clínico, Hipopressivos e Reabilitação Perineal. São valências muito procuradas, com grande capacidade de resposta e atendimento. Destacamos, nesta fase de pandemia, a valência de Psicologia com uma crescente solicitação e, também, como complemento da fisioterapia.

Durante o confinamento, o acesso a cuidados de saúde ficou muito comprometido. Ainda assim, em determinadas áreas clínicas foi possível continuar a apoiar os doentes, via videoconferências e consultas online. Tal situação viveu-se na S. Clínica?

Atendendo às ótimas instalações da S. Clínica, disponibilizando um consultório por doente e a prática de um atendimento individualizado, não foi notório um decréscimo de procura neste período de pandemia.

As áreas da Psicologia e da Fisioterapia são duas das mais afetadas pela pandemia, tendo em conta o confinamento. Como tem sido prestado acompanhamento a estas pessoas?

Tivemos a preocupação de que os nossos utentes mais idosos se mantivessem ativos, criando aulas individualizadas direcionadas para a parte motora e tratamento físico contínuo. A parte emocional dos nossos utentes não foi descurada, proporcionando-lhes sempre que necessário supervisão psicológica. Esta parceria da psicologia e fisioterapia é uma mais-valia para os excelentes resultados que temos constatado nos nossos tratamentos.

Como asseguram as condições de segurança necessárias em plena pandemia, a quem se desloca presencialmente à vossa clínica?

As condições de segurança que garantimos aos nossos utentes e corpo clínico centraram-se no aumento de vezes que higienizamos todo o espaço, no cumprimento das regras de distanciamento social, uso de máscara obrigatória e atendimento com marcação prévia.

www.sclinica.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here