25% dos créditos das moratórias serão garantidos pelo Estado

0
68
Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital

O Estado vai garantir 25% do crédito das moratórias, para aquelas empresas que pertençam aos setores mais afetados pela pandemia, depois de as mesmas terem acordado uma reestruturação da dívida.

As palavras são do ministro da Economia e da Transição Digital, Siza Vieira, que assegura que, após o término das moratórias, a 30 de setembro, as empresas que renegoceiem com os respetivos Bancos as dívidas poderão beneficiar de uma garantia, por parte do Estado, relativamente a 25% do valor dessa dívida.

O governante salientou a importância da medida, vincando que esta garantia estatal é importante para a Banca, que sabe que, assim, não tem de comprometer o seu capital em pelo menos 25% da dívida, pois a mesma estará assegurada pelo Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here