Emprego: medidas de apoio custam 1 453 milhões de euros

0
79
Imagem: www.swr.de

O Estado tem na manutenção dos empregos a sua maior despesa.

Entre abril e novembro, o Estado já gastou 1 453 milhões em medidas que visam o apoio ao emprego.

As contas foram feitas pela Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), onde se verifica que a medida que mais custou ao Estado foi o lay-off simplificado, com um peso de 19,4% na despesa, o que significa 821 milhões de euros gastos no apoio aos empregos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here