Moratórias podem ser prorrogadas para clientes dos setores mais afetados pela pandemia

0
132
Imagem: www.swr.de

O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira, considera que as moratórias só deveriam ser prorrogadas novamente para clientes dos setores mais afetados pela pandemia.

O Presidente da República, numa entrevista anterior, referiu a necessidade de prolongar as moratórias por um prazo de três a quatro anos, para que a economia e a atividade comercial gerassem liquidez suficiente para que o pagamento dessas prestações fosse possível, sem afetar outras questões.

Todavia, os bancos já prolongaram o prazo, atualmente, até setembro deste ano e Faria de Oliveira considera que uma nova extensão só deve acontecer se existir “flexibilidade do quadro prudencial e contabilístico” e apenas para quem foi mais diretamente afetado pela pandemia.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here