Novo lay-off em agosto será diferente do simplificado

0
288
Imagem: Maxi Educa

Embora a retoma esteja a acontecer, esta tem sido lenta, o que pode levar a que algumas empresas necessitem de continuar em lay-off.

As empresas que tenham quebras de 40% poderão aceder a este novo lay-off, mas os horários e os salários irão sofrer cortes.

Com este novo lay-off, os horários sofrerão cortes em função da quebra de faturação, bem como os salários dos trabalhadores, embora a remuneração do colaborador saia reforçada.

A partir de agosto, as empresas que continua encerradas por imposição legal poderão aceder a estes apoios. Em substituição do lay-off simplificado, será lançado o apoio à retoma progressiva, que será o adequado para aquelas empresas cujas quebras de faturação ainda chegam aos 40%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here