Portugal, Espanha e Itália pedem criação de rendimento mínimo europeu

0
296
Imagem: Pixnio

Os ministros do Trabalho de Portugal, Espanha e Itália reafirmam a sua concordância no que respeita à criação de um Rendimento Mínimo Europeu.

A ideia passa por combater a pobreza e a exclusão social, mas obriga a uma solidariedade europeia.

Explicando que consideram que a União Europeia carece de um quadro comum de rendimento mínimo, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social portuguesa, Ana Mendes Godinho, o vice-presidente do Governo espanhol e ministro dos Direitos Sociais e da Agenda2030,Pablo Iglesias e a ministra do Trabalho e Políticas Sociais italiana, Nunzia Catalfo, explicam que é necessário a criação de um rendimento mínimo europeu adaptado à realidade salarial e modo de vida de cada país.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here