Portugal não acabou com disparidade salarial entre mulheres e homens

0
291
Imagem:Life of Pix

Apesar de Portugal ter sido ilibado das acusações que pendiam contra si, sobre a não aplicação da legislação sobre disparidade salarial entre homens e mulheres, o Comité dos Direitos Sociais do Conselho da Europa ainda considera que Portugal não trabalhou o suficiente para garantir o fim da diferença salarial entre mulheres e homens.

A notícia é do Público, que explica que Portugal não tomou as medidas necessárias para reduzir as disparidades. Se, em 2010, havia em diferença de 12,8% entre o que uma mulher ganhava, por hora, e o valor que um homem ganhava, em 2017 essa diferença ainda se acentuou mais, com 16,3% de diferença entre ambos. Apesar disso, a diferença tem estado a tornar-se cada vez mais pequena, mas ainda existe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here