Situação de alerta prolongada até final de maio

0
77

O Governo decidiu esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, prolongar a situação de alerta, em resultado da situação pandémica vivida, até ao dia 31 de maio.

Apesar de os números do contágio estarem a subir, a ministra da Saúde, Marta Temido, assume que a situação está a ser monitorizada e explica mesmo que é provável que o crescimento da transmissão de Covid-19 continue, todavia a mortalidade irá diminuir consideravelmente.

Além disso, a decisão para acabar com as taxas moderadoras no Serviço Nacional de Saúde irá entrar em vigor a partir de junho. Nesta situação, só as urgências não referenciadas continuarão a ter taxas moderadoras.

Esta medida consta do programa do Governo e já tinha sido anunciada pela ministra da Saúde anteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here