XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos é já dia 20 de junho

0
90

Apresentar os desafios, as soluções e as experiências do setor dos resíduos urbanos é a proposta do XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos, organizado pela APEMETA, com a parceira da ESGRA – Associação para a Gestão de Resíduos e da Universidade Lusófona, que, no dia 20 de junho, recebe o Secretário de Estado do Ambiente. Emídio Sousa dará o mote ao início dos trabalhos na Sessão de Abertura.

9h30 | Sessão de Abertura

Emídio Sousa – Secretário de Estado do Ambiente

Carlos Iglézias – Presidente da Direção – APEMETA

Paulo Praça – Presidente da Direção – ESGRA | Diretor-Geral – Resíduos do Nordeste

Cândida Rocha – Diretora do Mestrado de Engenharia do Ambiente – Universidade Lusófona

Os trabalhos do XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos iniciam-se com o Painel moderado por Paulo Praça (ESGRA / Resíduos do Nordeste) e a circulação de conhecimentos, reflexões, abordagens inovadoras e novidades, nomeadamente no que se refere ao aguardado arranque de uma campanha nacional de comunicação e sensibilização para a importância do cidadão na gestão de resíduos. O tema será alvo de uma comunicação por Sílvia Ricardo, em representação da Agência Portuguesa do Ambiente, a entidade responsável pela campanha.

10h00 | Painel I – Uma Visão sobre o Setor

Moderação – Paulo Praça – Presidente da Direção – ESGRA | Diretor-Geral – Resíduos do Nordeste

A Importância do Cidadão na Gestão de Resíduos – A Campanha Nacional | Sílvia Ricardo – Departamento de Resíduos – APA – Agência Portuguesa do Ambiente

Em Portugal, a produção de resíduos e a deposição de resíduos em aterro têm mantido uma tendência constante de crescimento. Recentemente, tem sido reconhecido pelas tutelas que importa redefinir e readaptar a estratégia nacional para um modelo mais centrado na recolha seletiva com o objetivo de recuperar maior quantidade de resíduos com melhor qualidade, permitindo uma reciclagem de mais valor acrescentado, e, deste modo, possibilitando a necessária redução significativa de resíduos em aterro. No entanto, mantendo-se a tendência de aumento de produção de resíduos, o setor enfrenta uma situação de alarme para a qual é preciso encontrar urgentemente soluções: o eminente esgotamento da capacidade de aterro.

A ERSAR marcará presença no XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos, representada pela Presidente da Entidade Reguladora, Vera Eiró, com uma intervenção sobre o papel dos aterros sanitários na gestão de resíduos e a sua situação, em Portugal.

O Papel dos Aterros Sanitários na Gestão de Resíduos: A Situação em Portugal | Vera Eiró – Presidente do Conselho de Administração – ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos

Questões, desafios e oportunidades no âmbito da atividade de gestão de resíduos que vão ter relevo na manhã de 20 de junho, no XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos, pela APEMETA, em parceria com a ESGRA e a Universidade Lusófona: O papel da responsabilidade alargada do produtor está a ser cumprido? João Pedro Rodrigues (GIBB) dar-nos-á pistas sobre este assunto, na sua comunicação sobre a RAP; Quais os desafios para a implementação de Sistemas de Gestão de Novos Fluxos, é uma questão para Filipe Carneiro (Lipor) que abordará a sua estratégia nesta área; Maria Teresa Goulão, especialista em ESG – indicadores ambientais, sociais e de governação corporativa, atentará na agenda de financiamento sustentável da UE e gestão de resíduos.

O Papel da Responsabilidade Alargada do Produtor – Está a ser cumprido? | João Pedro Rodrigues – GIBB

Desafios para a Implementação de Sistemas de Gestão de Novos Fluxos | Filipe Carneiro – Divisão de Apoio à Implementação de Projetos Operacionais – Lipor

Um olhar sobre a Agenda de Financiamento Sustentável da UE e a Gestão de Resíduos | Maria Teresa Goulão – Especialista em Sustentabilidade, ESG

Nova Associação CíRCULO – Associação pela Circularidade de Resíduos Especiais |* Ricardo Vidal – Associação CíRCULO

P&R

As entidades gestoras e o desafio das embalagens não declaradas vão ocupar, e preocupar, o segundo Painel de debate no XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos, no dia 20 de junho, em Lisboa. A observância da diferença entre as embalagens colocadas no mercado e as que são identificadas nas caracterizações de resíduos urbanos será colocada pelo moderador, Rui Berkemeier (Zero), aos intervenientes no Painel, João Letras (Sociedade Ponto Verde), Susana Ferreira (Electrão) e Pedro Simões (Novo Verde).

12h10 | Painel II – As Entidades Gestoras e o Desafio das Embalagens não declaradas

Moderação: Rui Berkemeier – Diretor Adjunto – Zero

João Letras – Diretor do Departamento de Gestão de Resíduos – Sociedade Ponto Verde

Susana Ferreira – Directora de Gestão de Resíduos – Electrão

Pedro Simões – Diretor Geral – Novo Verde

P&R

Depois do almoço, realizar-se-á uma visita técnica aos stands que vão estar instalados na zona de exposição do XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos, entre as 14:30 e as 16:00 do dia 20 de junho, junto ao Auditório da Universidade Lusófona, em Lisboa. A proposta é apresentar aos participantes as tecnologias e os serviços disponíveis para o setor dos resíduos: transporte, digitalização, contentorização, entre outros.

14h30 | Tecnologias & Serviços para o Setor dos Resíduos – Pitch Tour pelos Stands

A recolha seletiva de biorresíduos tem inúmeras potencialidades. Desde logo, permite um maior aproveitamento de outro tipo de resíduos, como as embalagens e o cartão, que passam a reunir maior potencialidade de aproveitamento pela diminuição de contaminantes orgânicos. Outras valências, mais evidentes, prendem-se com a produção de composto, que, num país com solos pobres em nutrientes, é muito importante. Acresce ainda a possibilidade do seu aproveitamento energético a partir do biogás produzido.

No XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos este assunto será tratado sob a perspetiva dos testemunhos e experiências decorrentes da implementação da recolha de biorresíduos no território nacional, à medida da satisfação das condições necessárias para a sua operacionalização.

O Painel sobre o estado da arte da recolha de biorresíduos será moderado por Carmen Lima (CPDA), e contará com os testemunhos das entidades Cascais Ambiente (Luís Capão), Tratolixo (Nuno Soares), Serviços Municipalizados de Setúbal (Carlos Rabaçal), Amarsul (Maria José Sebastião), Câmara Municipal de Cantanhede (Pedro Cardoso) e ERSUC (Ricardo Henriques).

16h00 | Painel III – O Estado da arte da Recolha de Biorresíduos – testemunhos e experiências

Moderadora: Carmen Lima – Membro da Direção Executiva da CPADA – Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente

Luís Capão – Presidente do Conselho de Administração – Cascais Ambiente

Nuno Soares – Presidente do Conselho de Administração – Tratolixo

* Câmara Municipal da Moita

Carlos Rabaçal – Presidente do Conselho de Administração – Serviços Municipalizados de Setúbal e Vereador da Câmara Municipal de Setúbal

Maria José Sebastião – Amarsul – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos S.A.

Pedro Cardoso – Vice-Presidente – Câmara Municipal de Cantanhede

Ricardo Henriques – Responsável de Investimentos, Inovação, Estudos e Projetos – ERSUC – Resíduos Sólidos do Centro, S.A.

P&R

O melhor do XIV Encontro Nacional de Gestão de Resíduos encontra-se no início, no meio e no fim, com o último Painel do dia dedicado às oportunidades de financiamento para o setor, escrutinando sobre as possibilidades existentes para as diversas necessidades de investimento. Este Painel será moderado pela Secretária-geral da ESGRA, Carla Velez, e reunirá representantes de entidades regionais, como a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (Tiago Pereira); e nacionais, como o Fundo Ambiental (Ana Catarina Pinheiro).

17h00 | Painel IV – Oportunidades de Financiamento do Setor – que possibilidades existem face às necessidades de investimento?

Moderação: Carla Velez – Secretária-Geral – ESGRA – Associação para a Gestão de Resíduos

Tiago Pereira – Vogal da Comissão Diretiva do Programa Regional Alentejo 2030 – CCDR Alentejo

Ana Catarina Pinheiro – Diretora de Serviços – Fundo Ambiental

P&R

A Sessão de Encerramento será assegurada por Ana Cristina Carrola / Direção da Agência Portuguesa do Ambiente, seguido de um Porto de Honra para todos os participantes.

18h00 | Sessão de Encerramento 

Ana Cristina Carrola – Vogal do Conselho Diretivo – APA – Agência Portuguesa do Ambiente


Não pode faltar!                          

Mais do que um evento uma exposição! O evento conta com um espaço de exposição que pode ser visitado gratuitamente  e conhecer as várias entidades presentes com as mais recentes soluções, tecnologias e serviços. 

Empresas Expositoras: Ecodeal, Electrão, ITgest, G Hofle, Metaliax, Novo Verde, Olimec, Sopinal, Sociedade Ponto Verde, Waste to Me, Arquiconsult, Enermeter, Lasso eco Inovation, ALD – Academia de Liderança para o Desenvolvimento da Guiné-Bissau

Local: Auditório da Universidade Lusófona, Lisboa                     

Preço Especial até 12 de junho 2024:

Associados: 165€  (o valor inclui coffee breaks + almoço)

Não Associados: 231€ (o valor inclui coffee breaks + almoço)

Estudantes/Desempregados: 40€ (o valor inclui coffee breaks + almoço)

Saiba mais informação AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here