“A habitação tornou-se mais versátil”

Valdemir Lopes é o broker da Century21 Select, que abriu portas em Marvila no final do ano passado. Com uma equipa de consultores com mais de 14 anos de experiência no mercado imobiliário, e responsável por uma região da capital em constante desenvolvimento, esta agência imobiliária, segundo Valdemir Lopes, terá um ano de 2021 pleno de crescimento.

0
1182
Valdemir Lopes, broker

Definem-se como uma agência com ambição de se tornar no maior grupo imobiliário do país. Como caracteriza o vosso trabalho diário, no sentido de alcançar este objetivo?

A Century21 Select surge no final de 2020, com uma equipa com mais de 14 anos de experiência. Procuramos uma constante evolução e crescimento, potenciando o nosso conhecimento através dos nossos consultores. Trabalhamos diariamente na capacidade de prestar um serviço de excelência aos nossos clientes e priorizamos a necessidade de evolução individual. Trabalhamos para “ser a melhor versão de nós mesmos” – esta é a nossa estratégia para alcançar o objetivo.

Como caracteriza o mercado imobiliário da região onde se encontra?

Marvila é uma zona muito diversificada. Temos desde fábricas a armazéns, de terrenos a habitação tradicional e habitação de luxo. Marvila está em constante desenvolvimento, caracterizando um mercado tão na moda no presente como promissor no futuro! Acreditamos que a transformação recente potenciará uma busca por boas oportunidades de investimento, bem como para portugueses e estrangeiros que procuram habitação própria e qualidade de vida.

Quais as maiores dificuldades encontradas pelo setor imobiliário aquando da pandemia, e que só com alguma inovação e criatividade foram ultrapassadas?

A maior dificuldade foi o confinamento, que gerou incertezas e um grande impacto económico, que também afetou o setor imobiliário. Aqui a inovação foi, para além das plataformas e do marketing digital, das visitas virtuais e da assinatura digital, não deixar que o confinamento físico se transformasse num confinamento psicológico. Manter a equipa em constante ação, com reuniões e formações virtuais, foi fundamental, mas sobretudo em contacto com os clientes.

Que avaliação faz do comportamento do mercado imobiliário durante a pandemia e no pós-pandemia? Sofrerá alterações significativas?

A pandemia trouxe a muitas famílias um olhar diferente sobre as características do seu espaço familiar. A habitação tornou-se cada vez mais versátil, é também agora um escritório, uma sala de aula, um ginásio… Assim, para a troca de casa deixou de ser tão relevante a distância até ao local de trabalho ou viver no centro da cidade. O que realmente passou a importar foi a casa. O que cada imóvel disponibiliza e proporciona ao agregado familiar é decisivo e é mais decisivo do que a centralidade, a visão de rentabilização financeira ou o “status”. A procura por moradias é substancialmente superior, o espaço exterior num imóvel passou a característica obrigatória, bem como a necessidade de uma assoalhada onde funcionará o escritório.

Quais as alterações mais prementes de que o setor da mediação imobiliária necessita?

Se todos os mediadores imobiliários estiverem verdadeiramente comprometidos com o serviço ao cliente, estaremos todos muito próximos do “caminho certo”. Não posso deixar de felicitar a Century21 Portugal que, ao integrar um consultor na sua marca, define um plano de formação e só após esse plano estar já implementado é que disponibiliza todas as ferramentas e plataformas digitais ao consultor, para que este inicie a sua atividade, tornando-o assim um profissional com conhecimento, ferramentas e capacidade para prestar um serviço de qualidade.

Ultrapassado o primeiro trimestre de 2021, e quase a concluir o segundo, que análise faz sobre o ano de 2021?

A Century21, em 2020, apesar da pandemia, teve um crescimento face ao ano de 2019. Com a nossa visão de trabalho, a metodologia implementada e o suporte constante que a nossa marca nos propõe, não tenho dúvidas que o ano de 2021 será um ano de crescimento, com resultados muito positivos e superiores aos atingidos no ano de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here