“Devemos competir pela qualidade, não pelo preço”

A ItGlee é uma empresa de informática que desenvolve a sua atividade apoiada na plataforma OutSystems. O objetivo é produzir aplicações web e mobile que satisfaçam as necessidades dos clientes das mais variadas áreas de atividade. Parceira da Outsystems, esta empresa nacional trabalha além-fronteiras e procura reforçar os seus recursos humanos, para continuar a crescer.

0
378

Como se caracterizam, enquanto empresa do setor das TI?

A nossa principal função é a prestação de serviços na área da consultoria informática, utilizando a plataforma Outsystems e metodologias ágeis. Começámos em 2015 e, na altura da formação da empresa, o objetivo era diferente – pretendíamos descentralizar a empresa dos dois grandes centros nacionais – e, simultaneamente, apostámos na plataforma Outsystems, que estava em franco crescimento e que acreditávamos que iria ser um sucesso – o que veio a concretizar-se. Nós estamos inseridos nesse eco sistema e o nosso enquadramento é esse – fornecer as nossas expertises para a gestão e criação soluções, mobile e web, customizadas para os próprios clientes, trabalhando de forma remota.

Quais são os serviços que disponibilizam e os setores de atividade para onde direcionam os vossos serviços?

Os nossos serviços encaixam na parte da consultoria do desenvolvimento de aplicações –
programação, consultoria no âmbito da transformação digital, desenvolvimento de
aplicações mobile / web… Não temos um produto próprio, o que fazemos é criar soluções que vão ao encontro das necessidades do cliente. Quanto às áreas de trabalho, trabalhamos para as mais diversas áreas, desde Banca e Seguros, Utilities, Energia, Automóvel, Retalho, call cal centres, laboratórios… Já desenvolvemos projetos em muitas e diferentes áreas. Um dos mais
diferenciadores foi este em que desenvolvemos uma solução web e tablet para uma empresa que fazia produção de ratinhos de laboratório e toda a parte da produção e manutenção da cadeia de criação dos ratinhos foi colocada nessa aplicação. Este foi um desafio diferente e permitiu substituir uma área de 150 metros quadrados de papel por um tablet ou um computador, de onde tudo era controlável.

A tecnologia simplifica as tarefas diárias de uma empresa. Parece-lhe que, na realidade das empresas nacionais, estas já perceberam isso? A aposta está a acontecer?

O que notei, essencialmente, sobretudo nos clientes e parceiros com quem trabalhamos, que
são maioritariamente empresas de grande dimensão e internacionais, foi a necessidade de
uma aceleração na adaptação à transformação digital. Alguns planos que estavam “na gaveta” e tiveram de ser colocados em prática mais cedo do que o esperado. Relativamente às empresas nacionais, embora não tenha conhecimento profundo, acredito que a pandemia veio trazer uma mudança de mentalidade e a aposta no e-commerce permitiu alargar mercados, otimizando a eficiência do seu negócio.

Isso torná-las-á mais competitivas?

Com certeza, até porque o facto de reforçar a parte digital nos permite chegar a todo o lado. A competitividade é sempre boa, porque faz com que nos desafiemos, para sermos sempre
melhores. Acredito que estamos a sair da ideia de economia barata, com mão de obra e produtos baratos, para apostar na qualidade. E é aí que devemos ser competitivos.

A ItGlee foi distinguida pela Scoring como PME 5%, depois de, por dois anos consecutivos, ter sido distinguida como Top 10+, no seu segmento de atividade. Quão importante é esta distinção?

Esta distinção é muito importante para nós. Quando somos reconhecidos quer dizer que
estamos a fazer algo bom e bem feito. Significa que estamos no caminho certo. Por isso, é com grande satisfação e honra que somos distinguidos. Só nos dá mais força e ânimo para
continuarmos no nosso caminho.

Quais os objetivos a curto/médio prazo para a ItGlee?

Internamente, ambicionamos crescer, e para isso vamos adquirir talento – talento para formar e talento já qualificado, com experiência e cujas qualidades possamos colocar ao serviço das soluções que desenvolvemos e da formação dos membros mais novos. A nível externo, queremos reforçar as nossas alianças estratégicas com parceiros com os quais partilhamos a visão continuando assim, a crescer desta forma sustentada e aumentando a qualidade e a oferta de serviços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here