“É urgente regulamentar a atividade”

Paulo Sousa é o administrador da Condomínio Seguro, uma empresa de administração de condomínios que pauta a sua atividade pela transparência e confiança. Num mercado onde a pandemia obrigou a novas abordagens, o administrador realça a necessidade de legislar este setor.

0
502
Paulo Sousa, CEO

Como é que a Condomínio Seguro se apresenta ao mercado, assegurando um serviço de qualidade?

A transparência e a confiança são fundamentais, principalmente em tempo de pandemia. Faz parte da nossa forma de trabalhar, nos primeiros meses de cada ano, enviar a todos os condóminos um relatório discriminado de todas as atividades, receitas e despesas do condomínio, referente ao ano anterior, que é posteriormente aprovado, em Assembleia-Geral.

Que serviços oferecem?

Oferecemos dois tipos de planos: um mais básico, que consiste num serviço de apoio administrativo e jurídico aos administradores, eleitos em Assembleia, que não tenham conhecimentos ou disponibilidade para exercer o cargo. Neste plano, é eleito em Assembleia um administrador e a empresa assume todo o trabalho administrativo do condomínio. Também prestamos aconselhamento jurídico nas decisões que sejam necessárias tomar. No segundo plano, o representante da empresa é nomeado administrador em Assembleia Geral, exercendo as funções previstas no Código Civil. Assumimos todo o trabalho administrativo e prestamos contas regularmente. Neste plano representamos o condomínio perante terceiros.

A partir do momento que são contactados por condóminos interessados nos vossos serviços, como se desenrola o processo?

Inicialmente, é efetuado um contacto telefónico, onde são solicitados alguns elementos referentes ao condomínio. Depois, é apresentado um orçamento onde constam detalhadamente todos os serviços que nos propomos efetuar e o seu custo. Antes da apresentação do orçamento em Assembleia, e caso o condomínio o solicite, podemos agendar uma reunião com os condóminos para esclarecer dúvidas.

Em tempos de pandemia, como foi feita a gestão e administração dos condomínios a vosso cargo?

Incentivámos o recurso ao contacto telefónico e email, apostámos nas novas formas de contacto, como o Whatsapp e disponibilizámos aos condóminos diversas ferramentas para interagirem com a empresa, nomeadamente o acesso dos condóminos à sua área de cliente, onde podem consultar a sua conta corrente e ainda informação diversa (atas, regulamentos, contratos…). No que diz respeito à limpeza, pedimos a todos os prestadores de serviços externos que redobrassem a limpeza nas áreas mais utilizadas e que utilizassem produtos adequados à desinfeção dos espaços.

É possível contratar os vossos serviços através de um contrato anual e sem penalização?

Os nossos contratos são anuais, porque a nomeação da empresa como administradora do condomínio é uma deliberação que tem de ser tomada em Assembleia-Geral de condóminos, que tem lugar anualmente. Os nossos contratos são renováveis anualmente e todos os anos, na Assembleia-Geral onde são apresentadas as contas, colocamos o nosso lugar à disposição, sendo votada a nossa continuidade como administradores do condomínio.

Que avaliação faz deste mercado?

Existe uma necessidade urgente de regulamentar o acesso à atividade de administração de condomínios. A falta de regulamentação abre as portas a profissionais não qualificados, que se apresentam no mercado com honorários muito baixos. Deveria ser criada uma carteira profissional e ser obrigatório a existência de um técnico responsável, com formação em Direito.

www.condominioseguro.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here