Empresas abrangidas pelo apoio à retoma progressiva podem reduzir o horário de trabalho até junho

0
222
Imagem: o Minho

A medida foi publicada em Diário da República e entra em vigor já a partir desta quinta-feira: as empresas que estiverem abrangidas pelo apoio à retoma progressiva, cuja quebra de faturação foi igual ou superior a 75% podem continuar a reduzir o horário de trabalho dos colaboradores, até ao máximo de 100%, ainda durante o mês de junho.

A diferença está na existência de um número limite de trabalhadores que podem encontrar-se nessa situação – 75% da força laboral. A única exceção a este facto são as discotecas, bares, parques recreativos e empresas de eventos ou de montagem de infraestruturas para esse fim, que podem continuar a manter todos os colaboradores em horário reduzido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here