“2021 será um ano de expansão”

A Fracção Exacta é uma rede de agências imobiliárias totalmente nacional e cuja presença é particularmente evidente no distrito do Porto. Todavia, de acordo com o fundador e CEO, Jorge Fonseca, pretende expandir-se, ainda este ano, para Lisboa, Margem Sul e Algarve.

0
544
Jorge Fonseca, fundador e CEO

O mercado do distrito do Porto é um dos mais dinâmicos do país. No entanto, atravessou também a pandemia. Que análise faz desta atividade, atualmente?

Houve de facto uma diminuição abrupta da procura. Atualmente, quem pensa adquirir um imóvel tem receio e insegurança pelo seu futuro. A falta de turismo devido à pandemia teve como consequência a queda do mercado do alojamento local, que foi praticamente inexistente. Por sua vez, a procura de investidores para a compra de imóveis para arrendamento estagnou, por deixar de ser um investimento rentável. As moratórias vieram dar uma ajuda durante este período, contudo não basta para dar credibilidade e confiança a um setor de atividade tão importante para o crescimento económico do nosso país.

Quais as principais mudanças que surgiram, quer na forma de trabalhar, de lidar com os clientes e mesmo naquilo que os próprios clientes procuravam, que considera estar relacionado com a questão do confinamento?

Desde já reforçar a ideia de que estivemos confinados, com as lojas e os escritórios fechados, desde o dia 13 de março de 2020. Na altura foi um processo de aprendizagem, em que tivemos de nos adaptar consoante as diretrizes do Governo e da DGS. Começámos a implementar visitas virtuais aos imóveis, para segurança dos nossos comerciais e dos nossos clientes. A nossa forma de trabalhar teve de ser repensada e começámos a fechar processos digitalmente, evitando assim qualquer tipo de contato.

A Fracção Exacta pretende ser a maior rede de agências imobiliárias 100 por cento nacional, cobrindo todo o país. Quais serão as próximas regiões para onde pretendem expandir?

Neste momento contamos com 13 lojas no distrito do Porto e duas no distrito de Aveiro. Estamos a ponderar expansão para Lisboa, Margem Sul e Algarve ainda em 2021. O objetivo é ter lojas em todo o território nacional até 2025.

É possível abrir uma agência Fracção Exacta em frachising? Como se desencadeia o processo?

Sim, é possível. A rede Fracção Exacta procura parceiros no mercado imobiliário para representar o modelo e conceito de negócio inovador. Não utilizamos o método de frachising, mas sim contratos de associação e participação, sem direitos de entrada nem royalties.

Os investidores eram uma parte importante dos clientes no mercado do distrito do Porto. Essa dinâmica empresarial regressará?

Os investidores, embora mais contidos, continuam à espera de uma oportunidade de negócio. A Fracção Exacta, como parceira dos Fundos de Investimento e dos Bancos, consegue ter sempre em carteira soluções de investimento imobiliário para satisfazer os seus clientes.

Como lhe parece que o mercado imobiliário evoluirá nos próximos meses?

Penso que nos próximos meses iremos assistir a uma redução no preço dos imóveis. O motivo deve-se a um ajuste da oferta e da procura, e ao fim das moratórias. Nos últimos anos, assistimos a muita construção nova que atualmente se encontra em fase de conclusão, aumentando a oferta. Por outro lado, com o fim das moratórias as empresas irão atravessar dificuldades, traduzindo-se na redução dos quadros laborais e o consequente aumento do desemprego. Os particulares, no término das moratórias, vão sentir uma asfixia no orçamento familiar, redução de rendimentos e necessidade de vender rapidamente para evitar o incumprimento bancário. A prova disto é que atualmente os Bancos, para a concessão de crédito, já começaram a fazer uma redução nas avaliações efetuadas.

www.fraccaoexacta.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here