A homenagem da comunidade internacional ao vidro

0
184

Em maio de 2021, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou uma resolução que
proclama 2022 como o Ano Internacional do Vidro, uma decisão inédita do órgão plenário da ONU que pretende reconhecer a importância do vidro para a humanidade ao longo dos últimos séculos.

O documento enaltece como este material contribui para a qualidade de vida de milhares de milhões de pessoas, destacando que, sendo um dos materiais mais importantes, versáteis e transformadores da história, o vidro é também um componente fundamental para o setor aeroespacial, automóvel, arquitetura, artes, tecnologia da informação, comunicação, energia, saúde, ciências laboratoriais, ótica, armazenamento, entre outros.

Com efeito, a sua importância é evidente quando nos lembramos que as fibras óticas de vidro levaram a uma revolução mundial nas comunicações, constituindo a espinha dorsal da internet e que foram os fabricantes de vidro que nos deram os écrans dos nossos telemóveis, revolucionando a maneira como comunicamos. O vidro é também um material quimicamente resistente para muitos dos medicamentos que salvam vidas e desempenhou um importante papel na investigação de uma vacina para combater a pandemia da covid-19. Para além disso, é também de suma importância lembrar que artistas de vidro em todo o mundo deram à humanidade uma consciência deste material extraordinário, incluindo os seus notáveis métodos de fabricação, beleza inerente e capacidade de capturar e exibir todo o espectro de cores da natureza.

As Nações Unidas reconhecem que, embora a produção seja uma atividade intensiva com grandes impactos ambientais, o vidro pode servir como alternativa ao plástico e outros materiais e tem o potencial de contribuir para a implementação de padrões sustentáveis de produção e consumo. Importa, no entanto, assinalar o progresso feito nas últimas décadas na fabricação de vidro na redução do consumo de energia, das emissões atmosféricas e de outros impactos ambientais, e os esforços que têm sido feitos para aumentar a sustentabilidade nesta indústria, aumentando a eficiência na produção, promovendo o uso sustentável de recursos naturais, incluindo de areia, e recorrendo cada vez mais a energias renováveis.

Neste contexto, ao assinalar esta efeméride, a ONU incentiva os Estados-membros a promoverem processos inovadores para alcançar o consumo e a produção sustentáveis, incluindo a reutilização e reciclagem do vidro e outras práticas associadas.

Por um lado, o Ano Internacional do Vidro constituirá uma oportunidade para evidenciar o papel tecnológico, científico, económico, ambiental, histórico e artístico do vidro na nossa sociedade, enfatizando as possibilidades de desenvolvimento tecnológico e o seu contributo para enfrentar os desafios do desenvolvimento sustentável e de sociedades mais inclusivas. Por outro lado, poderá também facilitar o intercâmbio de melhores práticas e a criação de parcerias entre as principais partes interessadas para apoiar os países no desenvolvimento de políticas públicas de sustentabilidade na indústria do vidro, criando empregos e melhorando os meios de subsistência, podendo ainda ajudar a identificar oportunidades prioritárias de investimento, necessidades de capacitação e mecanismos para transferência equitativa de tecnologia.

Esta celebração conta com o apoio da Comissão Internacional do Vidro, da Comunidade de Associações de Vidro e do Comité Internacional para Museus e Coleções de Vidro, reunindo mais de 1.300 entidades do setor, em 78 países. As Nações Unidas consideram que o setor vidreiro beneficiará muito com parcerias multissetoriais, aproveitando os recursos e o conhecimento, dos governos, do setor privado, da sociedade civil, da comunidade científica, da academia, de entidades de filantropia, parlamentos, autoridades locais, e de outras partes interessadas. Todos juntos poderão assegurar um futuro ainda mais brilhante e sustentável para este material essencial para a humanidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here