“Digital” é sinónimo de “simples”

A digital connection nasceu em 2015, fruto de um desejo antigo de Gonçalo Freitas e João C. Silva, dois amigos que sempre quiseram criar o próprio negócio na área do Marketing Digital e criação de websites, uma forma de conjugar as áreas da Engenharia Multimédia e da Comunicação.

0
478
Gonçalo Freitas, cofounder e web manager

O que vos levou a criar a empresa e qual a vossa filosofia de trabalho?

Eu e o João Silva percebemos que havia uma oportunidade de negócio na área do marketing digital. Era e é pouco explorado por bons profissionais e, como sempre quisemos ter um negócio em conjunto, criar uma agência de Marketing Digital seria a solução. Procuramos estar sempre informados e formados, através de interação com diferentes profissionais e culturas e muita formação. A última, devido à pandemia, foi em fevereiro deste ano, em Dublin, na Google. No ano passado, fomos a Los Angeles, à Instagram Academy.

Como avalia o mercado português no que respeita ao digital?

Comparado com outros países, o mercado português está um pouco atrasado. Contudo o confinamento obrigatório, em março, serviu para os empresários e as marcas perceberem que as melhores ferramentas para comunicar com os seus stakeholders estão online. Na digital connection, trabalhamos de Portugal para o mundo, além de termos uma equipa com pessoas de diferentes nacionalidades, temos clientes nos diferentes continentes.

Quais os grandes desafios de trabalhar na área do online, sobretudo relacionado com websites?

O desafio maior é tornar tudo o mais simples possível. O objetivo é sempre tentarmos manter a experiência do utilizador o mais simples e autêntica possível – a procura pela informação, dados sobre um produto, pagamentos – o utilizador tem de conseguir satisfazer a sua necessidade rapidamente e com o mínimo de cliques.

Quais as tendências que se notam atualmente no mercado?

A tendência é a digitalização. Tanto a nível de web design como e-commerce, mais uma vez a simplicidade é uma tendência. O utilizador tem de encontrar o que procura rapidamente, os sites têm de ser rápidos, seguros e autênticos, as cores apelativas, imagens, muitos vídeos curtos e pouco texto.

Quando os empresários vos procuram, já têm uma noção do que querem?

Há uns que sabem muito bem o que querem e não estão abertos a ideias. Há outros que vêm com algumas ideias e que nos mostram o que gostariam de ter. Mas o processo é o mesmo. Começamos com consultoria, para perceber quais as necessidades que devem ser colmatadas. De seguida, enviamos uma proposta de estratégia de comunicação ao cliente e só depois prosseguimos para o design do website. É importante que o site seja rápido, senão os users vão embora. Tentamos proporcionar uma experiência de 360 graus aos nossos clientes, no que respeita à sua experiência com o site. É essencial que eles próprios percebam como funciona o site e aquilo que podem acompanhar e medir através do digital.

Cinco anos depois, conta com 15 colaboradores e já ganhou prémios. Que balanço faz?

Começámos dois e, passado cinco anos, já temos uma equipa fantástica que nos apoia em tudo. O que se espera agora é continuar a crescer e fazer nos próximos cinco anos o dobro do que fizemos até agora.

www.digitalconnection.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here