“O setor mais importante numa empresa é a Contabilidade”

Henrique Pereira é o diretor da HS Contabilidade, uma empresa dedicada à área da Gestão, Contabilidade e que faz questão de apoiar diretamente e de forma personalizada os empresários. Com capacidade para apoiar um projeto desde o seu início, a HS Contabilidade está sempre à procura de novas formas de poder ajudar os seus clientes.

0
250

A HS Contabilidade presta um serviço profissional e de proximidade aos seus clientes. Como definiria a vossa política de relacionamento com o cliente?

Acreditamos que o bom relacionamento com o cliente é uma questão fulcral, tanto para o sucesso da HS Contabilidade, como para o sucesso e progressão dos nossos clientes. A relação contabilidade-cliente define-se pela confiança e proximidade. Um bom contabilista é aquele que aconselha na gestão, se assim o entender, que faz reuniões e visitas recorrentes aos clientes. A política de relacionamento com o cliente da HS Contabilidade é isso mesmo: demonstrar uma segurança e um apoio incondicional ao cliente. Ao longo do nosso percurso, podemos dizer que nos orgulhamos muito de conseguirmos realizar este nosso princípio.

Durante o último ano e meio, a pressão exercida sobre o setor da Contabilidade foi enorme. Como conseguiu a HS Contabilidade responder a todas as solicitações?

O clima pandémico exerceu uma pressão enorme no setor contabilístico. Muitas empresas não
resistiram à paragem de grande parte dos setores, mas, conseguimos sempre, em conjunto com os nossos clientes, levar a situação a porto seguro, não tendo nenhum caso de suspensão de atividade ou de dissolução. A resposta às necessidades dos nossos clientes foi possível com muito estudo. Perdemos muitas horas a estudar todos os apoios que surgiam para que os nossos clientes conseguissem suportar os efeitos da Covid-19.

Quais os serviços que disponibilizam aos clientes?

Disponibilizamos serviços de contabilidade e também somos capazes de apoiar a gestão
empresarial, sobretudo a nível de recursos humanos, estratégias comerciais e marketing.
Defendemos que, muitas das vezes, há a necessidade de realizar auditorias para apontar
eventuais erros e melhorias. Apoiamos todos os nossos clientes- e os não clientes – que se queiram formar em Gestão e Contabilidade, através da nossa formação profissional. Recentemente, também começámos a oferecer aos nossos clientes avaliações imobiliárias.

A digitalização veio, efetivamente, ajudar os contabilistas no seu trabalho diário? Ou a verdadeira “transição digital” ainda não aconteceu?

Creio que a transição digital ainda não aconteceu a 100%. Ou, se aconteceu, ainda não tive a
capacidade de a acompanhar. Tenho de dizer que, apesar de saber que o digital se torna cada vez mais importante nos dias que correm, tenho muita dificuldade em deixar o palpável de parte. Prefiro o papel à digitalização. Este tema da digitalização é um bocadinho sensível. Tenho colegas que já praticamente não utilizam papel e que dizem preferir este meio mais sustentável de trabalhar. Não observo uma boa relação entre mim e o 100% digital, pelo menos para já.

A relação contabilidade-cliente
define-se pela confiança
e proximidade.
Um bom contabilista é aquele
que aconselha na gestão,
se assim o entender,
que faz reuniões e visitas
recorrentes aos clientes
.

A consultoria, o apoio fiscal e a ajuda à criação de novas empresas são fundamentais para que uma empresa nasça e se desenvolva saudavelmente. Como lhe parece que os empresários olham, atualmente, para o contabilista?

A HS Contabilidade ajuda de raiz todos os negócios. Começamos por aconselhar os futuros clientes, fazemos a constituição da entidade (se assim for o caso), tratamos de colocar tudo totalmente funcional junto da Autoridade Tributária e da Segurança Social e fazemos simulações de seguros para o ramo de atividade em questão. Enquanto contabilista, prefiro iniciar um projeto juntamente com o cliente. Claro que já recebemos clientes que estavam descontentes com a anterior contabilidade e que fizeram a escolha da HS Contabilidade para os passar a acompanhar. O tempo tem ajudado os empresários a perceber que o setor mais importante numa empresa é a contabilidade, embora ainda me sinta pouco valorizado.

Quais os desafios que a área da Contabilidade poderá enfrentar, nos próximos tempos, e como lhe parece que o setor responderá? O que está idealizado para o futuro da HS Contabilidade?

Com a expansão de novos negócios, penso que a contabilidade terá muito trabalho pela frente. Nem todos os setores de atividade são tratados da mesma forma, contabilisticamente, e é preciso estudá-los para saber tratar de tudo da forma mais conveniente ao empresário. Idealizo o futuro da HS Contabilidade na proporcionalidade entre crescimento e contínua qualidade. Não quero que a HS Contabilidade só olhe aos números da carteira de clientes. Quero que o lema inicial da HS Contabilidade permaneça: qualidade a bom preço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here