“Ser atleta-estudante nos EUA é possível”

A We Scout foi criada em julho de 2020, por Rodrigo Alcobia e a sua equipa, com o objetivo de proporcionar aos jovens estudantes e desportistas um intercâmbio educacional e desportivo completo, à luz da experiência que o próprio fundador viveu nos Estados Unidos da América.

0
689
Rodrigo Alcobia, fundador e CEO

O que o levou a criar o projeto?

Quando eu estava no segundo ano de faculdade do curso de Marketing, na Escola Superior de Comunicação Social e, em simultâneo, jogava futebol, recebi um convite para ir para os EUA, através de uma bolsa de estudo, que conjugava a parte desportiva com a educacional, e acabei por fazer os últimos dois anos de licenciatura nos EUA. Posso assegurar que foi incrível, em todos os aspetos. Foi muito enriquecedor, por isso decidi que tinha de disponibilizar esta experiência a outros jovens, sobretudo aos da minha comunidade de Santarém.

Como estabeleceram estas parcerias com as universidades norte-americanas?

Durante o meu segundo ano nos EUA, percebi que queria avançar com este projeto e comecei a falar com os treinadores e com os responsáveis quer da universidade onde eu estudava, e por quem jogava, quer com aqueles contra quem jogava. A concorrência é muito grande, mas na We Scout optamos por passar toda a informação do atleta – enquanto atleta, estudante e pessoa – para assegurar ao treinador e aos responsáveis universitários o máximo de informação sobre o atleta. Isso pode fazê-lo destacar-se face aos restantes.

Com quantas universidades norte-americanas já têm parcerias?

O nosso programa conta já com mais de 220 faculdades.

Quais as características necessárias para um atleta ser elegível para estes programas?

Fazemos um treino de captação, porque é muito importante que tenham qualidade desportiva para ingressar numa universidade dos EUA. Depois, procuramos alguém que seja bom estudante, que tenha um bom nível de inglês e que se sinta à vontade para abraçar desafios. É também importante ter em consideração a faculdade que o atleta-estudante escolhe, porque algumas instituições têm características específicas.

Quais as modalidades abrangidas por estes programas?

Neste momento, o único desporto com estas bolsas disponíveis é o futebol, masculino e feminino. Temos a intenção de abrir novas bolsas para ténis, natação e voleibol.

Que tipo de apoios são dados aos estudantes?

O nosso programa dá as ferramentas necessárias para o sucesso escolar e desportivo. Em termos académicos, damos apoio com materiais e recursos humanos, para que consigam ter as melhores notas nos exames que têm de que realizar. Já em termos desportivos, para além do nosso programa base, temos ainda treinos individuais – físicos, técnicos e táticos – planos de nutrição e planos de ginásio, para que o atleta-estudante consiga aprender, melhorar e ser bem-sucedido em ambas as vertentes.

Quais são as expectativas da We Scout para os próximos tempos?

Acredito que teremos mais estudantes a ingressar nos nossos programas em breve. Estamos a estabelecer parcerias para intercâmbios relacionados com outros desportos e iremos promover palestras e ainda campos de férias.

www.wescout.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here