“Somos cada vez mais exigentes com o nosso trabalho”

A FS Matos desenvolve trabalhos de instalação elétrica, de ar condicionado e de telecomunicações, bem como disponibiliza, para venda ao público, materiais relacionados com este setor. A formação constante é crucial num meio onde a tecnologia evolui diariamente, mas Fernando Matos, o sócio-gerente, explica que são valores como a ética, o profissionalismo e a audácia que posicionaram a empresa como Top PME 5%, distinção atribuída pela Scoring e que muito orgulha os sócios Nélia e Fernando Matos.

0
232
Fernando Matos, sócio-gerente

A FS Matos é uma empresa fundada em 2003 que, durante estes 18 anos de funcionamento, se transformou numa empresa de referência de material elétrico. Quais os principais motivos que levaram a que isso sucedesse?

Esta PME nasceu em 2003 alicerçada num sonho e num projeto. Num sonho porque quisemos dar continuidade à venda de materiais elétricos, algo que o meu pai fez durante muitos anos. Aquele comerciante típico de loja tradicional de bairro. Por outro, foi possível a criação de um projeto de empreendedorismo, devidamente estruturado e financiado, para elencar todo o sonho que existia. O sonho de projetar as minhas potencialidades e capacidades técnicas e proceder, com a criação de negócio, colocando em execução todo o trabalho académico que fora elaborado por parte do outro sócio acionista. Contudo, ao longo desta caminhada, nem sempre o Sol brilhou, atravessámos períodos menos bons, mas sempre de cabeça erguida e sempre aptos a inovar, a mudar na conquista de mais e mais clientes, e, sempre a acreditar, nas capacidades técnicas. Esta empresa destaca-se, mas com muito trabalho e muito esforço, sempre com vontade para inovar, mudar e transformar para poder acompanhar toda esta mudança global. Ser um bom líder faz toda a diferença, o saber estar atento, conhecer o nicho empresarial, conhecer os pontos fracos da concorrência, para que a nossa empresa possa concorrer na oferta com o que de maior podemos oferecer: “os nossos serviços de excelência”.

Que tipo de serviços prestam, ao cliente privado e às empresas?

A empresa tem duas vertentes: vendas diretas de todos os bens necessários para execução de qualquer tipo de serviço instalações de ar condicionado, instalações elétricas, instalações de ITED, quer ao balcão, quer por catálogo; e a prestação de serviços, no âmbito das instalações referenciadas. O público-alvo são os particulares, as PME’s e o Estado.

Quando se fala em serviços de pré-instalação de ar condicionado, instalações elétricas e ITED, são áreas que requerem bastante conhecimento técnico e formação contínua. Como se posiciona a FS Matos relativamente à formação dos colaboradores?

A especificidade dos serviços prestados pela FS Matos requer profissionais qualificados, quer a nível de conhecimentos técnicos nas áreas destacadas, como também qualificação na conduta ética, “pois os nossos técnicos são o espelho da empresa”. A formação é e será imprescindível na nossa empresa, pois temos a obrigatoriedade de estarmos devidamente atualizados perante as alterações às regras, estabelecidas pela Direção-Geral de Energia e Geologia, não correndo o risco de a cada términus de trabalho, a certificação por parte das entidades competentes indefinir os trabalhos. E podemos acrescentar que a FS Matos faz em média 12 certificações por mês, todas elas devidamente aprovadas.

Relativamente à mão de obra, é fácil encontrar profissionais qualificados para o desempenho destas funções?

A procura de mão de obra qualificada é o “calcanhar de Aquiles”. Não é tarefa fácil, recrutar, selecionar e colocar em período experimental é todo um processo moroso. O nosso país tem mão de obra qualificada, mas é necessário passar por todo um processo seletivo. E, também, caberá ao empreendedor cativar e conquistar seus colaboradores.

Os materiais utilizados nas construções e nas instalações elétricas e de telecomunicações alteraram-se consideravelmente. Como avalia esta evolução, tendo em consideração a segurança das instalações?

Os materiais utilizados nas construções, para efeitos de instalações, têm sofrido alterações significativamente, o que compete à empresa é, unicamente, acompanhar essas alterações. A empresa, mesmo como entidade empresarial, tem que aperfeiçoar e atualizar os seus conhecimentos, para poder transmitir, gerir e planear todos os seus planos de atividades, sejam eles mensais ou anuais. Todas estas alterações sofridas vêm ao encontro da facilitação dos trabalhos a executar, como na imperiosa salvaguarda da segurança das instalações e dos cidadãos.

Que análise faz do setor onde está inserido, tendo também em consideração este período pandémico que atravessámos?

O período pandémico fez com que nos adaptássemos à nova realidade, munindo-nos de algumas estratégias, regras de higiene e segurança estabelecidas e decretadas pela DGS e nos respetivos Conselhos de Ministros celebrados quinzenalmente. Não foi de todo fácil, mas o aumento da procura proporcionou a nossa devida adaptação ao contexto realista.

A FS Matos foi distinguida pela Scoring como Top PME 5%. Quão importante é esta distinção para a empresa e para o seu reconhecimento pelos clientes?

A FS Matos foi distinguida como Top PME 5%, também trabalhámos para isso. Mas esta distinção faz com que a empresa se torne a cada dia mais exigente no préstimo dos seus trabalhos. Sendo que, este reconhecimento, irá proporcionar a procura dos nossos serviços por parte de novos clientes. E esses vão requerer um breve estudo sobre as suas pretensões. Ou seja, sempre que nos surjam novos clientes, há trabalho a fazer, estudar o cliente para satisfazer as suas necessidades. Por isso a eficiência, a audácia e o polimento são requisitos que a empresa não pode esquecer de apresentar. Para se conseguir o mérito e a excelência é e foi necessário trabalho, empenho, dedicação e liderança de muitos anos, mas perdê-lo é num abrir e fechar de olhos. Por isso, o objetivo crucial da empresa é manter a credibilidade no mercado envolvente e tentar objetivar estratégias para reconhecimento permanente.

Este prémio surgiu num período particularmente difícil para a atividade económica e as empresas, em geral. Como foi possível à FS Matos posicionar-se no mercado de forma a ultrapassar as dificuldades inerentes ao período pandémico?

O prémio surgiu num período extremamente difícil para o país e para o mundo, mas a empresa não podia fazer teletrabalho. Então houve necessidade imperiosa de criar algumas estratégias de negócio, nomeadamente, na área de Marketing, investindo num conjunto de técnicas e métodos que fossem ao encontro das necessidades de mercado e do contexto em que vivemos, como técnicas de publicidade: carrinhas de serviço identificadas com o logótipo da empresa, e contatos; criação, inovação do site da empresa; fardas para todos os técnicos com o design devidamente estudado e desenhado de forma a proporcionar o devido chamariz.

Como antecipa o futuro da FS Matos? Existe possibilidade de crescer?

Falar no futuro é algo que ninguém ainda consegue previamente adivinhar. E, como o sonho comanda a vida, ele comandará o crescimento da empresa de forma saudável.

Nélia e Fernando Matos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here