“O digital é fulcral na comunicação do produto”

A NG Consultadoria em Seguros existe há mais de 40 anos e tem presença em três regiões distintas – Lousada, Paredes e Santo Tirso. O diretor da empresa, Nuno Gonçalves, faz um balanço do último ano que passou, com o impacto inerente à pandemia e, mais recentemente, à guerra que se trava na Europa, salientando, porém, a evolução e crescimento da empresa e as novas apostas no digital.

0
289

Que avaliação faz da resposta que o setor segurador tem dado, no que respeita à questão do digital, bem como dos desafios que as mudanças sociais podem trazer ao setor?

Estes dois anos foram sem dúvida uma oportunidade forçada pela pandemia para as seguradoras e mediação avançarem para o digital. Isto fez com que os muitos clientes também optassem por essa solução e isto veio provar que a digitalização será de facto o futuro da atividade.

Que balanço faz, um ano depois de um período crítico a nível pandémico, da realidade do setor segurador? O que mudou? 

O setor segurador parece-me ter aproveitado razoavelmente bem este período de pandemia para se adaptar à nova realidade, fez com que passassem mais autonomias para a mediação e passou a comunicar mais frequentemente pelos novos canais, alterando bastantes produtos para o digital.

Quais os produtos, para particulares e empresas, que são agora mais procurados?

A pandemia veio despertar as pessoas para as questões dos seguros de Vida e de Saúde. De facto, estes têm sido os seguros mais procurados, quer por particulares, quer por empresas.

Os seguros de Saúde, bem como os de Vida, sofreram ambos um aumento considerável na procura? Como justifica isso? O seguro de saúde pode, de facto, ser um complemento ótimo ao SNS?

Tal como dito anteriormente, a pandemia impulsionou a venda destes seguros, isto porque as pessoas perceberam a diferença de ter um seguro de Saúde nesta altura – quem tinha outra doença tinha tratamento no privado, quem não tinha ficava dependente do SNS para consultas e tratamentos que, como sabemos, foram adiados por imenso tempo. Quanto aos seguros de Vida, também foi um despertar para as pessoas, que resolveram acautelar-se a elas e à família.

Relativamente às empresas, um dos maiores desafios prende-se com a segurança da informação transacionada. Que mudanças sentiu, nos empresários nacionais, no que respeita à procura por estes seguros?

Relativamente a este tipo de seguros, creio que ainda não estão a ter, por parte do setor empresarial, a importância que deveriam ter, no entanto, devido aos últimos acontecimentos que foram notícia, alguns empresários já questionaram que tipo de seguros existem, de forma a salvaguardar os seus interesses. 

Ultrapassada a fase difícil da pandemia, e com novos acontecimentos internacionais a exigirem novas respostas, como se prepara a NG Consultadoria em Seguros para o futuro?

Estes novos acontecimentos internacionais vieram trazer uma incógnita no setor empresarial e isso, com certeza, vai afetar o setor segurador. A NG Consultadoria em Seguros Lda, depois de dois anos de grande crescimento, está este ano a fazer algumas mudanças na própria empresa, sempre com o foco no digital. Este ano já facultámos o Portal de Cliente, onde os nossos clientes podem consultar as suas apólices, recibos, sinistros, independentemente da seguradora, isto para que o nosso serviço se mantenha com altos níveis de qualidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here