“O investimento é a base do nosso trabalho”

A MEDINVEST é uma empresa de mediação imobiliária com uma área de atuação alargada e cuja expansão e reforço acontecerá ainda durante o ano de 2022. O diretor, Luís Magalhães, e os diretores comerciais das áreas a sul e a norte do rio Douro, respetivamente Armando Costa e António Silva, destacam a utilização dos meios digitais como forma de chegar aos clientes e a importância da construção nova para dinamizar o mercado.

0
998

Como descreveria a mudança que existiu na forma de trabalhar da MEDINVEST, considerando a necessidade de utilizar o digital para chegar aos clientes?


Luís Magalhães (L.M.): Não olhamos como uma mudança, mas sim como uma adaptação aos novos tempos, pois o digital já nos acompanha desde há muitos anos, tanto na captação de novos clientes como na manutenção dos mesmos. Tendo em conta a captação de novos clientes, trabalhamos uma identidade digital que seja forte e ativa, com informação clara e objetiva, para que as pessoas consigam identificar a MEDINVEST como uma empresa de confiança, com pessoas dotadas de conhecimentos e ferramentas para fazer cumprir os objetivos dos nossos futuros clientes.

Qual a importância de se fornecer ao cliente outros serviços integrados, como a intermediação de crédito ou o serviço “Chave na Mão”?


Armando Costa (A.C.): A importância de termos os serviços integrados é o conforto e segurança que podemos dar a todos os clientes, com a certeza de que não existe falta de comunicação, visto que toda a informação estará concentrada em um único profissional.

O investimento imobiliário é outra das áreas de extrema importância para o setor. Como analisa a importância do mesmo para a MEDINVEST, tendo em consideração a área geográfica em que estão inseridos?


António Silva (A.S.): O investimento é a nossa base desde que fundámos a MEDINVEST, e onde trabalhamos em conjunto com alguns parceiros investidores que depositaram a sua confiança no nosso trabalho, com os quais, até aos dias de hoje, nos mantemos em uníssono.

Atualmente, como classificaria a oferta existente no mercado? Ela responde às necessidades de toda a população?


A.S.: A oferta é escassa, mas de alta qualidade, e isso deve-se à nova construção que se desenvolve, neste momento, por todo o país. Sim, corresponde às necessidades da população, na sua generalidade.

Como definiria as tendências do mercado para os próximos tempos?


A.C.: Uma evolução dos preços e da oferta. Tal como dissemos, existe nova construção quase a entrar no mercado, o que nos vai permitir dinamizar ainda mais o mesmo.


Quais os planos da MEDINVEST para este ano de 2022? Quais os objetivos a atingir?


L.M.: Os planos passam pela expansão da marca digitalmente e fisicamente, reforçando os polos de Braga e do Algarve com dotação suficiente para dar seguimento aos vários pedidos que nos chegam todos dias. A nível de construção, já temos o ano completo e já começamos a pensar em 2023. Com os responsáveis de área, como o António Silva, a Norte, e o Armando Costa, a Sul do rio Douro, a implementarem velocidade nas vendas e nas angariações, atingiremos com toda a certeza o objetivo traçado para este ano.

https://www.medinvest.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here