“A qualidade do ar é fundamental para a saúde”

A Macolis é um distribuidor de equipamentos de climatização, energias renováveis, sistemas de canalização, redes de gás, torneiras e equipamentos sanitários. O diretor comercial, Bruno Carreira, fala da evolução da empresa, das soluções existentes e do que espera para 2021.

0
921
Bruno Carreira, diretor comercial

A Macolis SA foi fundada em 1984. De então para cá, como evoluiu o mercado, em particular o português?

A Macolis é uma empresa distribuidora de equipamentos de climatização, energias renováveis, sistemas de canalização, redes de gás, torneiras e equipamentos sanitários, mas especializou-se, a partir de 1996, nas áreas técnicas de climatização, criando conceitos próprios na área da energia solar, com a marca SolarMaco, e nas soluções de gestão inteligente de sistemas de climatização, com a marca Controlmaco. Sediada em Leiria, tem uma equipa comercial dinâmica e presente em vários distritos nacionais, de forma a responder rapidamente às necessidades dos seus parceiros.

Tendo em conta a pandemia que atravessamos, o arejamento dos edifícios e a monitorização da qualidade do ar são importantes. Como pode a Macolis ajudar a solucionar estas questões?

As pessoas estão sensíveis à qualidade do ar e será a altura certa para completar o nosso portefólio e ajudar a formar os nossos parceiros, esperando que a legislação caminhe no mesmo sentido.

Que soluções existem no mercado, no que respeita à renovação do ar, que permitem um arejamento correto dos edifícios?

A melhoria da qualidade do ar compreende retirar o ar viciado do interior e insuflar ar novo do exterior. Neste contexto é importante ter atenção ao ar insuflado que será influenciado pela temperatura exterior, afetando a climatização e a eficiência. Para o mercado residencial, disponibiliza-se ventiladores de baixo caudal de ar e ruído, as chamadas vmc’s, que permitem a exaustão e insuflação de ar numa habitação, cuidando também da temperatura.

Foi necessário desenvolver soluções em particular, nomeadamente ao nível do arejamento ou de monitorização da qualidade do ar interior, devido à pandemia? Que soluções vieram para ficar, de agora em diante, no mercado?

As soluções já existiam e estão lentamente a entrar no mercado. A pandemia veio colocar mais sensibilidade nesta necessidade, por exemplo, antes da pandemia, no Inverno ninguém abria uma janela para arejar o local onde se encontra. As soluções existem, basta que os utilizadores as procurem e a legislação se adapte para motivar utilizadores e operadores de mercado.

Quais os desafios, particularmente no que respeita à manutenção dos aparelhos durante toda a sua vida útil, que a Macolis enfrentou durante este período pandémico? Como ultrapassou a empresa o ano de 2020?

A manutenção dos equipamentos tem de sofrer uma mudança de mentalidade. Aproveitando esta maior sensibilidade seria importante, por um lado, adaptar a legislação e, por outro, lançar campanhas de sensibilização para uma maior linha de conta relativa à qualidade do ar interior.

Como antevê o comportamento económico deste ano de 2021?

2021 será um ano completamente imprevisível e não se percebe ainda os efeitos colaterais na economia provocados pela pandemia. Existem setores bastante afetados e muitos que ainda vão ser afetados. Resta-nos estar atentos e reagir rapidamente a qualquer alteração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here