“Nunca me senti diminuída profissionalmente”

Carolina Nunes de Carvalho já desenvolve a sua atividade profissional há mais de uma década no mercado imobiliário, embora nem sempre com as mesmas funções. Desde Janeiro que é diretora comercial na Villa In Real Estate e, logo nos dois primeiros meses , a faturação aumentou significativamente.

0
306

Que avaliação faz da presença das mulheres nesta área de atividade e como lhe parece que o posicionamento das mesmas tem evoluído, no que respeita a alcançar posições de liderança no setor?

A luta pela igualdade foi trilhada por muitas mulheres antes de mim, no setor imobiliário. Em 13 anos de atividade nunca me senti diminuída profissionalmente por causa do meu género. Investi muito do meu tempo em formações de grande relevância, adquiri conhecimentos para conseguir assegurar o melhor desempenho profissional de forma a garantir as mesmas oportunidades. O meu objetivo é estar sempre bem preparada, independentemente de ser, por vezes, a única mulher na sala.

A mulher é aquela sobre a qual ainda recaem as principais tarefas domésticas e familiares, na grande maioria dos casos, mas cada vez mais isso é conjugável com uma profissão. Enquanto mulher e profissional, que análise faz desta realidade social?

Ao fim de cinco meses de ter o meu quarto filho, fui convidada pelo nosso fundador para diretora comercial. O facto de ter quatro filhos e um marido que viaja muito não foi um problema. Sempre consegui conciliar naturalmente o papel profissional com o familiar. Felizmente, tanto eu como o meu marido fomos educados com valores igualitários e são esses
mesmos valores que transmitimos aos nossos filhos.

Que características destacaria que fazem da mulher uma boa líder? Quão importante é o equilíbrio entre a inteligência emocional e a inteligência funcional?

É vital saber equilibrar a inteligência emocional e a inteligência funcional, especialmente quando atuamos num ramo com uma grande pressão, legislação e responsabilidade. Temos
clientes muito exigentes e conhecedores a quem prestamos um serviço personalizado. Compreender as nuances, emocionais ou práticas, de cada negócio, é fundamental. É o que transmito à minha equipa.

O meu objetivo é estar sempre bem
preparada, independentemente
de ser a única mulher na sala


Em Portugal, a mulher tem já um papel fulcral na economia. A maioria dos novos negócios são abertos por mulheres e elas são também as principais frequentadoras do ensino superior. Relativamente ao empoderamento feminino, que caminho lhe parece que Portugal está a trilhar?

Portugal está num bom caminho, embora ainda falte percorrer uma longa viagem. Temos cada vez mais mulheres em cargos importantes e de chefia, mas com uma diferença
salarial em relação aos homens. No Grupo Villa In as oportunidades são dadas de forma igualitária. O reconhecimento vem pelo esforço, dedicação e resultados, não pelo género ou formação.

A Villa In Real Estate é uma empresa do Grupo Villa In focada na ajuda e acompanhamento dos clientes durante o processo de aquisição e venda de imóveis. Que mudanças notaram durante e após o período pandémico, comparativamente com o período anterior à pandemia, no que respeita à procura pelos vossos serviços?

Iniciámos a atividade em janeiro de 2021, em plena pandemia. Desde que sou diretora comercial, atingimos, em apenas dois meses, a mesma faturação que atingimos nos 12 meses do ano anterior. Tenho uma equipa de 11 brokers e quero crescer, estou a recrutar para duplicar este número. Estamos na Beloura, Cascais e Setúbal. Abrimos três escritórios em São Paulo, no Brasil, e em Miami. Formalizámos parcerias no Mónaco e Cannes. No Grupo existe ainda a intermediação de crédito. Garantir o serviço de expertise e excelência é o
meu objetivo.

Como avalia o conhecimento dos portugueses sobre finanças pessoais e quais lhe parecem ser os principais passos a dar, no futuro, para que as próximas gerações beneficiem de uma boa literacia financeira?

A literacia financeira deve ser abordada em casa e nas escolas. Somos, desde cedo, confrontados com decisões financeiras de relevo. É fundamental saber analisar as possibilidades de investimento, compreender o sistema bancário e a importância da poupança a curto e longo prazo para uma maior estabilidade financeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here