Coimbra, uma região de oportunidades

Ainovação, isto é, a capacidade de colocar conhecimento avançado ao serviço das empresas, da atividade económica e, de uma forma geral, de toda a atividade humana, é uma poderosíssima ferramenta para o crescimento e competitividade sustentáveis: cria valor e emprego, melhora fortemente a nossa capacidade de concorrer e permite enfrentar com confiança os desafios deste mundo em mudança.

0
84

Sob esse ponto de vista, a inovação é o mais poderoso instrumento de uma universidade para intervir na sociedade, pois permite dar corpo, propósito, consequência a toda a atividade de criação de conhecimento. No mundo em que vivemos, acelerado e intolerante, a resposta com soluções baseadas em conhecimento, que nos transportam para níveis de desenvolvimento humano mais condizentes com a nossa condição, é, sem dúvida, o grande desafio da universidade.

A Universidade de Coimbra procurou contribuir precisamente para promover esse tipo de ambiente, consolidando o seu ecossistema de inovação através da criação ou expansão de infraestruturas de investigação aplicada e promoção de dinâmicas para transformar e acelerar resultados de investigação e desenvolvimento de ideias de negócios em novos produtos e serviços, promovendo a criação de empresas, aumentando a sua intensidade tecnológica e gerando empregos qualificados.

Por exemplo, a Universidade de Coimbra (UC) lidera desde 2010 o Programa InovC, combinando décadas de experiência na região com os resultados de um estudo abrangente de Benchmarks de Ecossistemas de Inovação europeus e internacionais. Isso permitiu-lhe incluir as melhores práticas, selecionadas e cuidadosamente adaptadas à especificidade regional envolvente. O InovC incluiu uma equipa estratégica de múltiplos interessados em inovação (universidades, escolas politécnicas, incubadoras e parques tecnológicos) e o envolvimento de mais de 600 agentes regionais de inovação e empreendedorismo (municípios, empresas, clubes de estudantes, agentes regionais de desenvolvimento, laboratórios vivos, instituições públicas, entidades financeiras, etc).

No entanto, a UC sabe que não faz o suficiente e que é necessário ir mais além nessa missão de colocar o conhecimento ao serviço da sociedade, por exemplo, apostando claramente no estabelecimento de parcerias, assentes em relações de mútuo ganho e providas de significado real, que promovem ganhos visíveis para a região. Este claro posicionamento de dinamizador regional, fortemente assumido pelo Reitor Amílcar Falcão, veste-se de maior significado visando diminuir desequilíbrios nacionais, em termos de desenvolvimento. É também um desígnio estratégico para o futuro a médio e longo prazo.

Consequentemente, a Universidade de Coimbra investiu numa estrutura especializada de captação de investimento, desenvolvimento de parcerias e valorização de ativos internos, como forma de complementar os múltiplos esforços de outras entidades regionais, visando a atração de atenções nacionais e internacionais para uma região sedenta de protagonismo no cenário económico. Essa estrutura, UC Business, será em breve apresentada e pretende ser a afirmação decisiva da Universidade de Coimbra como unidade motor de desenvolvimento da região e do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here